Cidadeverde.com
Esporte

Athletico-PR derrota o Libertad e se aproxima da vaga nas oitavas da Libertadores

Imprimir

O Athletico-PR se aproximou bastante da vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores, ao derrotar, por 2 a 0, nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, o Libertad, do Paraguai, em duelo válido pela quinta rodada do Grupo B.

Foto: José Tramontina/athletico.com.br

Com este resultado, a equipe paranaense alcançou os mesmos sete pontos do Libertad, enquanto The Strongest e Caracas, que empataram sem gols, na Venezuela, somam seis pontos cada.

Na última rodada, quinta-feira (dia 26), o Athletico-PR recebe o Caracas, enquanto o The Strongest visita o Libertad.

Com a necessidade da vitória, o Athletico-PR teve a iniciativa como se esperava, mas concentrou jogadas apenas pelo lado esquerdo e abusou das bolas alçadas na área. O problema foi a regularidade da experiente zaga do Libertad, que praticamente não deu oportunidades ao time de Felipão.

O jogador mais efetivo do Athletico foi Cuello, fixo pelo lado esquerdo. Foram dele, as principais tentativas de jogadas e arremates a gol.

Pablo ficou perdido no comando do ataque, pois não tem a característica de trombar com a zaga adversária, algo necessário diante do estilo adotado pela equipe paranaense.

Coeso na marcação, o Libertad aos poucos foi ganhando confiança para tentar também se aventurar no ataque. Melgarejo, em posição duvidosa, levou perigo ao gol de Bento, enquanto Barboza teve liberdade, após cobrança de escanteio, para cabecear. Sorte do Athletico-PR que o zagueiro errou o alvo.

Aos 46 minutos, o Athletico-PR foi tentar sua primeira jogada pela direita, com Khellven, mas nem assim conseguiu acertar a meta de Martín Silva.

O segundo tempo começou em ritmo mais elevado e com novidades. A defesa do Libertad, pela primeira vez na partida, falhou, aos três minutos, mas o ataque do Athletico-PR não aproveitou.

Já o time da casa se projetou ao ataque e deixou espaço para os contra-ataques paraguaios. Melgarejo levou muito perigo.

Mas o melhor jogador em campo foi premiado aos dez minutos. Cuello pegou a bola na ponta-esquerda e mandou em direção ao gol Acabou acertando um lindo chute no ângulo esquerdo de Martín Silva.

A partir daí, o duelo ficou aberto. As equipes se soltaram e as oportunidades foram criadas de lado a lado. Barboza chegou acertar a trave do Athletico-PR, enquanto Terans acertou forte chute para defesa de Martín Silva.

Mas quem marcou de novo foi o time paranaense em um contra-ataque concluído por Cannobio, os 23 minutos.

Os times continuaram a procura do ataque até nos acréscimos, quando o Libertad teve duas ótimas chances para diminuir e o Athletico somou uma para aumentar a vantagem.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir