Cidadeverde.com
Esporte

Bruno Fratus é ouro e João Gomes e Gabrielle Roncatto levam a prata em Barcelona

Imprimir

Grande esperança de medalha para o Brasil no Mundial de Budapeste, daqui um mês, Bruno Fratus chegará à Hungria da melhor maneira possível. 

O nadador vem se destacando nas etapas da Mare Nostrum e nesta quarta-feira mais uma vez subiu no topo do pódio, ao abrir o primeiro dia de competições em Barcelona com o ouro nos 50m livre. 

O País ainda viu João Gomes Júnior e Gabrielle Roncatto somarem belos resultados e conquistarem a prata.

Medalhista olímpico, Fratus nadou pela 96ª na carreira abaixo dos 21 segundos. Para levar o ouro em Barcelona, terminou a prova mais rápida da natação com 21s78, superando o britânico Benjamin Proud (21s89) e o americano Michael Andrew (22s06), que completaram o pódio.

Ele já havia ganho na etapa de Mônaco, há três dias.

O recorde mundial da prova pertence ao também americano Gaeleb Dressel, que fez 21s07 na final olímpica, desbancando o favorito Florent Manoudou (21s55) e na qual Fratus fechou em terceiro, com 21s57, logo à frente de Andrew e Proud, seus principais concorrentes nesta quarta-feira, na Espanha.

Outro grande resultado para a natação brasileira veio na decisão dos 400m livre, com Gabrielle Roncatto anotando sua melhor marca da carreira. A nadadora fez 4m08s91, superando o recorde brasileiro que pertencia a Joanna Maranhão desde 2017 (4m09s41) e garantiu a prata. 

O ouro foi da italiana Simona Quadarella, com 4min06s18 e o bronze ficou com a japonesa Miyu Namba, com 4min09s59. A prova ainda contou com outra brasileira, Maria Paula Heitmann, que fechou na sétima colocação (4m15s24).

A outra medalha verde-amarela do dia veio com João Gomes Júnior. Campeão dos 50m peito na etapa de Mônaco, no domingo, ele agora festeja a conquista da prata em Barcelona. O nadador fechou a prova com 27s18. O ouro ficou com o americano Michael Andrew (27s06).

O italiano Nicolo Martinenghi completou o pódio, com 27s26. O experiente Felipe França, também se preparando para o Mundial de Budapeste, terminou no sexto lugar, com 27s91.

Nas outras finais do dia para os brasileiros, Stephan Steverink bateu em sétimo nos 400m medley (4m20s07), Matheus Gonche foi oitavo nos 100m borboleta (52s92) e Fernando Scheffer acabou em quarto nos 200m livre (1m47s90).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir