Cidadeverde.com
Picos

Testemunhas confirmam autoria em homicídio que vitimou gari na zona rural de Picos

Imprimir

Foto: Paula Monize/cidadeverde.com/picos

Nesta sexta-feira (03) a Polícia Civil do Piauí através da Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio (DHTL), concluirá o inquérito policial do homicídio que vitimou Agenor José da Silva Rocha. O crime ocorreu no dia 27 de maio, na comunidade Angico Torto, zona rural de Picos.

Agenor Rocha era gari e atuava na Secretaria Municipal de Serviços Públicos. O mesmo foi assassinado com pelo menos três disparos de arma de fogo após desentendimento num jogo de baralho.

O delegado de Polícia, Agenor Ferreira Lima, confirmou ao @cidadeverde.com/picos que durante esta semana testemunhas foram ouvidas e confirmaram a autoria do crime.

“Durante a semana foram intimadas algumas pessoas que estavam no local do crime, prestaram depoimento aqui na unidade policial. Testemunhas confirmaram a prática criminosa e autoria do crime”, disse o delegado Agenor Ferreira Lima.

O homicídio tem como suspeito A. dos S. L. que foi preso em flagrante. O mesmo se encontra na Penitenciária José de Deus Barros. 

Foto: Divulgação/Polícia Militar

Suspeito rendido e amarrado por populares

Após a conclusão do inquérito, este será encaminhado ao Ministério Público e Poder Judiciário. 

“Vai ser analisado pelo Ministério Público e Poder Judiciário. Caso tenha alguma diligência será requisitada nova diligência”, concluiu.

Paula Monize
[email protected]

Imprimir