Cidadeverde.com
Cidades

Desenvolvimento territorial piauiense será debatido em seminário no mês de agosto

Imprimir

A Secretaria de Estado do Planejamento está preparando o seminário “Piauí: Planejamento e Desenvolvimento Territorial” que será realizado nos dias 23, 24 e 25 de agosto, em local a ser confirmado. As inscrições serão gratuitas e estarão disponíveis on-line nos sites da Seplan (www.seplan.pi.gov.br) e do Governo do Estado (www.pi.gov.br) em banner do evento.

O seminário tem o objetivo de aprofundar e ampliar o debate sobre desenvolvimento e sustentabilidade à luz dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Além disso, celebrará o aniversário de 15 anos da Lei do Planejamento Participativo e Territorial, que instituiu os 12 Territórios de Desenvolvimento (TDs) e uma nova forma de fazer e de administrar as diferentes regiões do Piauí, com mecanismos de descentralização que asseguram a participação de setores da sociedade no planejamento do Estado, com espaços de discussão, articulação, consulta e deliberação de políticas públicas.

O evento terá um amplo espaço de debate considerando os aspectos do desenvolvimento regional, territorial, da ética e sustentabilidade, a partir da abordagem de palestrantes com expertise nas áreas de estudo. Na ocasião, também serão apresentados os avanços e os desafios obtidos após a implementação da política de desenvolvimento territorial no Estado.

Segundo Rejane Tavares, secretária de Estado do Planejamento, “o seminário reforçará a estratégia do Planejamento a partir dos Territórios (TDs). Trará estudiosos da área e promoverá uma reflexão sobre o futuro do desenvolvimento do Estado do Piauí diante desta crise econômica e dos grandes desafios que temos de inclusão produtiva e de combate à pobreza rural”, concluiu.

Já foram confirmados dois nomes relevantes para enriquecer os debates: Tânia Bacelar – doutora em Economia Pública e Organização do Território pela Universidade de Paris I (Pantheon Sorbonne), professora emérita da Universidade Federal de Pernambuco e integrante do Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGEO/UFPE), especialista em desenvolvimento regional, ex-secretária nacional de Políticas Regionais do Ministério da Integração Nacional; e Arilson Favareto – sociólogo, doutor em Ciência Ambiental, pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), professor do Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão do Território da Universidade Federal do ABC (UFABC).

Da Redação

Imprimir