Cidadeverde.com
Política

Moro mira Senado e se vê como líder da oposição em eventual governo Lula

Imprimir

Foto: Renato Andrade/ Cidade Verde

O ex-juiz, ex-ministro e ex-presidenciável Sergio Moro (União Brasil) afirmou haver uma "tentação" para concorrer ao Senado pelo Paraná e que, se eleito, tem o plano de se tornar líder da oposição em eventual governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

"Espero que isso não aconteça, mas, no caso de uma vitória do ex-presidente Lula, é natural que eu me coloque na oposição para liderar uma resistência necessária a políticas públicas indesejáveis em relação ao país e também ser uma voz no Congresso em favor da integridade e do combate à corrupção", afirmou em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo.

Após as tentativas fracassadas de se viabilizar como pré-candidato ao Palácio do Planalto e de transferência de domicílio eleitoral para São Paulo, Moro deve anunciar na próxima semana a decisão de qual cargo irá disputar.

Apesar de dizer que as possibilidades ainda estão em análise, aliados do ex-juiz dizem que ele deve mirar no Senado.
Moro não se diz frustrado por ter que mudar de rota ao longo do ano. "A política tem uma dinâmica. Então, o que a gente tem que fazer é se adaptar às mudanças de cenários."

Ex-ministro de Jair Bolsonaro (PL), ele afirmou que não se pode "ser ingênuo e achar que a corrupção acabou no governo federal ou nos estaduais e municipais".

 

Fonte: Folhapress

Imprimir