Cidadeverde.com
Geral

Presos em operação são suspeitos de executar comerciante em briga entre facções em Teresina

Imprimir

Fotos: Renato Andrade/Cidadeverde

Dois dos quatro presos na operação Soldado do Morro são suspeitos de envolvimento na morte do comerciante Danilo Alves Cardoso, 35 anos, na Vila Meio Norte, zona Leste de Teresina. Os homens foram identificados como Riquelme e Jeffinho e a ocorrência seria por disputa de facção na região. 

As prisões foram efetuadas no bairro Pedra Mole na manhã desta quinta-feira (28) e a operação visava o tráfico de drogas. No entanto, ao cumprir os mandados de busca e apreensão, foram encontrados indícios que levavam os detidos a autoria de outros homicídios em Teresina. 

Riquelme também é investigado pela morte de Isaque, jovem que foi alvejado na calçada no bairro Anitta Ferraz

“A nossa investigação visava a questão de tráfico nessa região. No transcorrer das investigações a gente conseguiu elementos que indicava a participação do Jefinho e do Riquelme na execução do comerciante que ocorreu no dia 6 de julho e de um rapaz que foi executado essa semana, antes de ontem no Anitta Ferraz”, destacou o delegado Tales Gomes. 

O delegado reforçou que as mortes foram causadas pela disputa entre facções. “Em uma delas temos 100% de certeza que foi só porque a vítima participava de outro grupo criminoso. Os presos pertencem ao PCC e o grupo rival pertencia ao Bonde dos 40", explicou.

Ainda durante os trabalhos, também foram apreendidas armas de fogo, entorpecentes e celulares. Todo o material também foi levado para a sede do Grupo de Repressão ao Crime Organizado. 

A operação foi batizada de 'Soldados do Morro' e também conta com apoio de homens de outras unidades especializadas da Polícia Civil.  Os presos na operação já respondem por processos criminais por tráfico de drogas e um dos detidos, inclusive, é foragido da Justiça.

Nataniel Lima
[email protected]

Imprimir