Cidadeverde.com
Vida Saudável

Por que após consumir bebida alcoólica ficamos com sonolência?

Imprimir


Foto: Pixabay

 

Depois de algumas doses de bebida alcoólica, a sensação de sonolência é quase inevitável, então, por que que o descanso não acompanha essa dinâmica e acaba sendo menos profundo que o habitual? A situação, comum na rotina de quem consome esse tipo de produto, tem uma explicação científica que que está ligada ao poder sedativo do álcool e sua interferência até mesmo na fase mais profunda do sono.
 
Segundo o nutrólogo Murilo Arminio, essa ação no organismo - causada pelas substâncias tóxicas encontradas no álcool - alteram a fisiologia do sono, inclusive o momento mais profundo do processo, classificado como REM. O resultado desta alteração é o cansaço e mal-estar no dia seguinte. “De fato não há uma qualidade de sono aceitável neste cenário, ocasionando essa clássica indisposição”, reforça.
 
Engana-se quem acredita que algum tipo de bebida pode diminuir ou elevar esse efeito “Tanto destilados quanto bebidas fermentadas vão causar essa sensação de sonolência e afetar o sono. Esse é efeito do álcool: primeiro vem o momento de agitação e, posteriormente, ocorre a depressão do sistema nervoso central”, conta. "Por isso, não adianta escolher um ou outro tipo de álcool. O efeito será o mesmo", diz. 
 
Para evitar danos maiores ao sono e à saúde, o conselho é moderar o consumo de bebidas alcoólicas principalmente antes de dormir. O nutrólogo explica que não há uma dosagem mínima para que o descanso não seja prejudicado, mas quanto maior for a quantidade ingerida, maior será o impacto negativo. “É importante lembrar que, em geral, se cria uma tolerância ao álcool conforme o consumo aumenta.  Ou seja, a tendência é beber mais, o que implica qualidade do sono ainda pior”, destaca.
 
Outra forma de minimizar os efeitos negativos é optar por hábitos mais saudáveis no dia seguinte ao consumo de bebidas. Assim fica mais fácil o corpo metabolizar o álcool ainda presente no organismo. Para isso, vale ingerir muito líquido, optar por uma alimentação equilibrada, apostar em frutas, legumes e verduras e incluir a atividade física no cronograma para ampliar o bem-estar.


Da Redação
[email protected]

Imprimir