Cidadeverde.com
Política

Piauí já contabiliza mais de 200 pedidos de registros de candidatura para a eleição de 2022

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com 

Até a manhã deste sábado (6), o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) já contabilizava um total de 208 pedidos para o registro de candidatura junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI). 

Com o fim do período para a realização das convenções na última sexta-feira (5), os partidos políticos tem até o próximo dia 15 de agosto para fazer os registros dos candidatos homologados em suas chapas.   

Após essa data, o TRE-PI terá um prazo de 28 dias para julgar os pedidos de registro de candidatura apresentados pelas siglas partidárias que, até o dia 12 de setembro poderão solicitar a substituição de candidatos. 

Apesar de ainda haver prazo, o número de registros em 2022 está quase 53% abaixo das 439 candidaturas registradas no estado para as eleições gerais de quatro anos atrás. 

Quem já pediu o registro?

Dos oito candidatos a governador e vice confirmados nas convenções, apenas Rafael Fonteles (PT), Sílvio Mendes (União Brasil) e do coronel Diego Melo (PL) apresentaram a solicitação para o registro e declararam patrimônios de R$ 1,6 milhão, R$ 1,9 milhões e R$ 395 mil, respectivamente. 

Na relação há também o pedido de registro de Wellington Dias (PT), Joel Rodrigues (PP) e seus respectivos suplentes, que disputam uma vaga ao Senado. Ambos os políticos declararam cerca de R$ 1 milhão em bens à Justiça. 

Na corrida pelas dez vagas piauienses na Câmara Federal, são 70 requerimentos para registro, enquanto para ocupar uma das 30 cadeiras da Assembleia Legislativa (Alepi) já são 120 candidaturas aguardando o julgamento dos pedido de registro. Ao todo, 31 candidatos concorrem à reeleição para cargo proporcional. 

Breno Moreno
[email protected]

 

Imprimir