Cidadeverde.com
Geral

Polícia investiga se mortes no final de semana estão relacionadas a saída temporária de presos

Imprimir

A Polícia Civil investiga se homicídios registrados em Teresina e Parnaíba no domingo (15) tem alguma relação com os 367 detentos que deixaram o sistema prisional na saída temporária do dia dos pais

Em entrevista ao Jornal do Piauí nesta segunda-feira (15), o secretário Estadual de Segurança Pública, Rubens Pereira não quis se antecipar às investigações, mas afirmou que a pasta já solicitou informações sobre todos os presos que foram beneficiados pela medida no estado.

“Não é possível nesse momento confirmarmos isso. Estamos inclusive pedindo essa relação ao sistema prisional e administração penitenciária para ver se tem uma relação dessa saída legal dos presos para os dia dos pais e os homicídios, mas essa é ainda uma hipótese que está sendo levantada e não podemos confirmar nesse momento”, destacou o gestor. 

em Teresina foram registrados cinco homicídios em menos de 12 horas, que podem estar relacionados entre si. “Pelo perfil das vítimas e pessoas envolvidas nos leva a crer que sim. É preciso aguardar a confirmação científica da investigação, mas essa é a hipótese mais provavel”, completou Rubens Pereira. 

Em Parnaíba foram contabilizadas duas execuções no final de semana. A tese para as mortes, tanto no litoral como na capital, diz respeito a um eventual envolvimento das vítimas com facções criminosas. “Essa é a primeira hipótese que está sendo levantada pela investigação. Pelo perfil e circunstância dos fatos , mas é preciso aguardar a confirmação da investigação”, pontuou o secretário. 

Todas as mortes estão sendo investigadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que ainda tenta identificar os autores dos homicídios. 

Breno Moreno
[email protected]

Imprimir