Cidadeverde.com
Política

TRE-PI já deferiu 132 candidaturas no Piauí e julgará seis pedidos de impugnação

Imprimir

Foto: Renato Andrade/ Cidade Verde

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TER-PI) recebeu pelo menos  475 pedidos de registro de candidaturas aos cargos em disputa nas eleições deste ano. Dentre os processos, 132 já foram deferidos  até esta sexta-feira (26) – cerca de 27% do total.

Dos pedidos feitos ao TER-PI, apenas seis receberam pedidos de impugnação, sendo estes o Coronel Diego Melo (PL) e Gessy Lima (PSC), candidatos a governador, Samantha Cavalca (PL), candidata a senadora, e os candidatos a deputado Ronaldo Soares (PCO), Antônio Reinaldo (Agir) e Sérgio Henrique (União Brasil).

Dos candidatos a governador, apenas o registro de Rafael Fonteles já foi julgado e deferido. 

Duas candidaturas foram declaradas inaptas por renúncia: a ex-candidata a vice-governadora do Patriota, Joselina Ferreira e Wesley da Cunha Silva (PTB). 

A chefe de distribuição de processos do TER-PI, Carmem Campelo, pontuou que os candidatos tem o prazo de sete dias para contestarem os pedidos de impugnação. 

“Se não houver nenhuma diligência, alguma prova, vai para o Ministério Público que dará o parecer e vão os autos conclusos para o relator levar para a corte que conjuntamente vão decidir”, explicou. 

Pelo calendário eleitoral, a Justiça tem que julgar todos os pedidos de registros de candidaturas até 20 dias antes das eleições, ou seja, até 12 de setembro. Se alguma candidatura não for analisada até este prazo, poderá ser julgada posteriormente.

Até 2 de setembro, ainda é permitido que os partidos preencham as vagas para deputado estadual e federal nos casos em que as convenções. 

Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir