Cidadeverde.com
Esporte

Brasil encerra ciclo pré-Copa com bom futebol e goleada sobre a Tunísia em Paris

Imprimir

O último compromisso da seleção brasileira antes da Copa do Mundo do Catar teve expulsão, confusões, banana atirada em campo, gols em profusão e ótima exibição do Brasil. 

Foto - Lucas Figueiredo - CBF

No Parque dos Príncipes, em Paris, atulhado de tunisianos, o Brasil goleou a Tunísia por 5 a 1 nesta terça-feira, fechou com êxito a sua passagem pela França e encerrou o ciclo pré-Copa com moral.

Raphinha teve noite de brilho, com dois gols, Richarlison também foi às redes, Neymar fez o que dele se esperava, regendo a equipe com assistências, dribles e um gol e Pedro fechou a contagem, aproveitando a chance que recebeu na etapa final.

A formação em teoria mais conservadora que Tite escolheu, com dois volantes e Paquetá como armador, não deixou de ser ofensiva O Brasil mostrou entrosamento, se entendeu em campo e dominou os tunisianos em boa parte do duelo. Foi superior, sobretudo, no primeiro tempo, no qual balançou as redes quatro vezes.

Raphinha abriu a contagem em bonito gol de cabeça após lançamento de Casemiro. A Tunísia empatou pouco tempo depois também pelo alto, com Talbi, mas foi só o que fez a seleção africana na etapa inicial.

O gol fez explodir o estádio, cheio de tunisianos, mas foi até bom para a equipe de Tite, que colocou a bola no chão, retomou o controle do jogo e fez três gols em 20 minutos.

Raphinha serviu Richarlison, que se valeu de uma tentativa fracassada da defesa rival de fazer uma linha de impedimento. O camisa 9 dominou e chutou por debaixo do goleiro. Em mais um caso de racismo, um torcedor atirou uma banana em campo no momento em que os brasileiros comemoravam.

O Brasil suplantou o racismo e o rival com talento e competência Neymar fez o terceiro em cobrança de pênalti que bateu com extrema categoria, como lhe é habitual.

Caçado em campo, o camisa 10 provocou a expulsão do zagueiro Bronn, autor de uma falta dura no craque brasileiro. Raphinha, em grande forma, transformou a vitória em goleada ao anotar o quarto em bonito arremate rasteiro de fora da área.

Tite indicou que daria oportunidade para Pedro e assim o fez. O centroavante entrou no segundo tempo, se movimentou, participou ativamente das jogadas de ataque e aproveitou a chance que o treinador lhe deu ao marcar um golaço de primeira, concluindo jogada que envolveu Vini Jr e Neymar.

Pedro foi o protagonista do segundo tempo e a boa notícia para Tite, ganhando pontos com o treinador a menos de dois meses para a Copa. Feito o quinto gol, o Brasil cozinhou o jogo, como fizera contra os ganeses. Não foi ameaçado pelos tunisianos, com um a menos, e sustentou a vantagem com tranquilidade.

O Brasil só voltará a campo no dia 24 de novembro, data em que estreia no Mundial contra a Sérvia. A lista com os 26 atletas que disputarão o torneio no Catar em busca da sexta estrela será conhecida no dia 7 de novembro.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir