Cidadeverde.com
Últimas

Empresário de 35 anos é executado com tiros de fuzil dentro de Porsche em SP

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O empresário Luiz Cláudio Mazzuca Filho, 35, dono de um bar e revendas de carros em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, foi morto a tiros enquanto saia de uma academia, nesta quinta (29), na zona sul da cidade. Uma funcionária do local ficou ferida na ação. Um fuzil foi usado no crime, que é tratado pela polícia como uma execução. Até o momento, ninguém foi preso.

Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 22h. O empresário estava no estacionamento, que fica em frente a uma academia no Jardim Nova Aliança, conversando com a namorada de 29 anos. Em seguida, os dois se despediram e cada um entrou em seu carro. Mazzuca Filho foi para seu Porsche 911, que foi alvejado por ao menos 35 disparos, alguns deles o ferindo fatalmente.

Uma funcionária da academia de 26 anos, que também estava no estacionamento, foi atingida por dois disparos. As balas atingiram o quadril e o braço da mulher. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital das Clínicas, onde está internada. O estado de saúde dela é estável.

Uma câmera de segurança do estabelecimento comercial flagrou o crime. Nas imagens é possível ver que o empresário entra no veículo, um Porsche 911, e logo em seguida um carro branco se aproxima e para atrás do automóvel de Mazzuca Filho. Enquanto isso, a namorada do empresário, que estava no carro ao lado, manobra para deixar o local.

Dois homens armados, um deles com um fuzil, descem e passam a atirar contra o empresário. Durante a ação, um dos atiradores retorna para o carro, pega outra arma e se aproxima do lado do motorista, onde estava Mazzuca Filho. Em seguida os dois homens retornam para o automóvel e fogem. A ação dura menos de um minuto. Segundo a polícia, uma terceira pessoa permaneceu dentro do carro onde estavam os atiradores e era responsável por dirigir o veículo.

35 disparos

Conforme o boletim de ocorrência, foram cerca de 35 disparos contra o empresário, dez de fuzil 556 e outros 25 feitos com uma pistola 9 milímetros.

O empresário morreu dentro do carro antes mesmo da chegada do socorro. A namorada dele não ficou ferida.

No carro do empresário, próximo ao banco do passageiro, os policiais encontraram uma arma Glock calibre 380. Segundo a Polícia Civil, a arma é regularizada e pertence à vítima. O caso vem sendo investigado como execução. Ninguém foi preso.

A vítima

O empresário Luiz Cláudio Mazzuca Filho é bastante conhecido na cidade de Ribeirão Preto. Ele é dono de um bar badalado, no Jardim São Luiz, onde frequentemente organizava festas.
Além disso, Mazzuca Filho possui uma empresa de revenda de carros e pneus.

 

Fonte: Folhapress/Simone Machado

Imprimir