Cidadeverde.com
Política

Dr. Pessoa oficializa apoio a Lula em voto “contra a discriminação ao Nordeste”

Imprimir

Foto: Paula Sampaio

O prefeito Dr. Pessoa (Republicanos) oficializou nesta segunda-feira (10) o apoio à eleição do ex-presidente Lula (PT) em um evento na sede do Partido dos Trabalhadores em Teresina. A solenidade contou com a presença da governadora Regina Sousa (PT), do senador eleito Wellington Dias (PT) e do presidente estadual João de Deus. 

Sem citar o nome do presidente Jair Bolsonaro (PL), Dr. Pessoa destacou a necessidade mobilização acerca de atos de discriminação contra o Nordeste. 

Bolsonaro foi duramente criticado por lideranças da região ao dizer na última semana que “a votação do Lula no Nordeste se dava porque trata-se de um eleitorado onde há mais analfabetismo, e onde há menos cultura”. 

“Nesse novo jogo, que não é prorrogação, a governadora perguntou se eu poderia fazer parte desse novo time, desse novo olhar, em 2022. Eu disse de pronto, sem gaguejar e disse que seria do time da governadora, do Wellington, do governador eleito, do MBD, do Themistocles e Marcelo e do Júlio César. Estou aqui porque conheço o programa do PT e já ajudei outras vezes. Não vim para barganhar, mas para fortalecer o Brasil e o Nordeste”, disse. 

Dr. Pessoa, que já anunciou uma possível saída do Republicanos, ainda não confirmou o seu destino partidário ou se há alguma previsão de data. Segundo ele, o apoio ao petista foi por uma questão de convicção. 

“Aqui não veio troca de favor, troca de mimimi, é o Brasil que está em jogo. O prefeito não foge da luta, nem no período da ditadura. Agora, para termos um país mais livre e democrático, não discriminatório, o meu candidato à presidência de chamará Luiz Inácio Lula da Silva, o famoso bola de ouro, número 13”, disse. 

“Ele refletiu”, diz Regina Sousa 

A governadora Regina Sousa, responsável por pavimentar a apoio de Dr. Pessoa ao ex-presidente, revelou detalhes da conversa que teve com Dr. Pessoa. 

“Ele disse que estava pensando, que tinha refletido muito e que queria apoiar o Lula. Claro que todo apoio é bem-vindo. Ninguém rejeita voto, ainda mais de um prefeito”, contou. 

 

Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir