Cidadeverde.com
Últimas

Alunos do IFPI vão realizar nova manifestação após corte de R$ 3 milhões no orçamento

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Os estudantes do Instituto Federal no Piauí (IFPI) realizaram na terça-feira (11) uma Assembleia Geral e decidiram que vão realizar uma grande manifestação em Teresina no dia 18 de outubro, após o Governo Federal realizar o corte de R$ 3,4 milhões no orçamento. No início do ano já havia sido realizado um corte de R$ 5 milhões.

O reitor Paulo Borges da Cunha já informou que o corte de mais de R$ 8 milhões no orçamento afeta o funcionamento da instituição, por isso já cancelou os Jogos Intercampi 2022 e destacou que estão sendo afetados os pagamentos dos contratos de água, energia, limpeza, vigilância, cozinha, entre outros. 

Após esse segundo corte, os alunos realizaram uma Assembleia Geral na terça-feira e decidiram realizar uma nova manifestação em Teresina, que irá seguir um ato nacional, no próximo dia 18 de outubro, em horário que ainda será definido. Em junho desse ano já tinha sido realizada uma manifestação que parou várias ruas de Teresina após o corte de R$ 5 milhões.

Foto: Samantha Savatore

“Na ocasião da Assembleia, as entidades estudantis e os estudantes reforçaram seu repúdio ao governo Bolsonaro, ao contingenciamento das verbas do MEC, as quais não voltaram aos cofres das instituições ainda, repúdio a todos os escândalos de corrupção desse governo envolvendo dinheiro da educação e o orçamento secreto. Decidimos que no dia 18 o grande ato se iniciará na porta do Instituto Federal do Piauí Teresina Central, onde reuniremos alunos professores e gestores num só sentimento de luta para ir à rua, e gritar palavras de ordem contra os disparates que o governo vem fazendo contra nossa educação pública”, disse Leandro Fontenele, membro do movimento estudantil do IFPI.

O estudante afirmou que desde o início dos cortes realizados pelo Governo Federal, vários setores estão sendo afetados, e que a instituição tem feito o possível para não parar.

“Em relação ao confisco das verbas, ele tem afetado sim o funcionamento das atividades. O INTERCAMPI que são os jogos esportivos entres os campi do IFPI foi cancelado, e já não vinha acontecendo por conta da pandemia pela falta desse recurso,  pois o confisco e cortes não são de agora. Em junho desse ano já havia tido cortes onde os estudantes foram para rua, e de lá para cá, percebemos uma diminuição de bolsas e auxílios, falta de insumos laboratoriais, demissão de terceirizados e falta de materiais que seriam importantes para o instituto funcionar. Lembrando que a instituição vem economizando para o IFPI não parar. Na última sexta-feira, os professores tiveram que contribuir com o combustível do ônibus do IFPI Teresina Zona Sul para que os alunos pudessem ir para casa. Isso é só um resumo das dificuldades que estamos passando, a educação não aguenta mais tanto descaso, pedimos socorro!”, disse o estudante.

Foto: Samantha Savatore

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) também teve recursos afetados, onde já tinham sido bloqueados R$ 7,7 milhões, e na última quarta-feira (6) anunciou mais um bloqueio orçamentário de R$ 5,5 milhões. Os cortes orçamentários fazem parte de um pacote anunciado pelo governo federal que já soma quase R$ 1 bilhão, entre bloqueios que afetam as universidades e colégios federais. 

Bárbara Rodrigues
[email protected]

Imprimir