Cidadeverde.com
Política

Equipe de transição terá cinco nomes e vai levantar pendências e convênios

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Sem chances de ocorrer atritos, a equipe de transição do governo Rafael Fonteles (PT) terá apenas cinco nomes. Dois indicados pela governadora Regina Sousa (PT) e três escolhidos por Fonteles. A primeira reunião para definir a metodologia de trabalho será amanhã, às 11h. A sede para as reuniões do governo de transição será no prédio da Vice-Governadoria, que fica atrás do Palácio de Karnak, no Centro de Teresina.

Equipe da governadora Regina:

Antônio Neto (Secretaria de Governo)
Rejane Tavares (Secretaria de Planejamento)

Equipe de Rafael Fonteles

Chico Lucas
Washington Bonfim
E um terceiro nome 

Nesta quinta-feira (3) haverá uma reunião no Palácio de Karnak entre o secretário Estadual de Governo, Antônio Neto e Chico Lucas, coordenador da transição.

Os dois gestores vão acordar sobre os dados que o novo governo vai precisar para os primeiros meses de gestão.

O portal Cidadeverde.com obteve informação que equipe de transição vai focar, inicialmente, em projetos em andamentos, contratos, convênios, pendências e levantamentos dos servidores.

Até o final do mês, Rafael quer divulgar todos os nomes da equipe. O governador eleito anunciou quatro nomes. Governadora Regina Sousa (Sasc), Chico Lucas (Segurança), Washington Bonfim (Planejamento) e Antonio Luiz (Fazenda). 

Chico Lucas já adiantou que a transição será tranquila, já que dará continuidade ao governo. Segundo ele, os dados são importantes para que os novos secretários planejem suas ações dentro da viabilidade da pasta e as prioridades definidas pelo governador eleito.

Governo de metas

Rafael Fonteles quer implantar uma cultura de gestão de monitoramento de metas. Dois eixos são prioritários para Rafael que é a geração de emprego e renda, prometeu na campanha gerar mais de 80 mil novos empregos em quatro anos, e melhoria nos serviços públicos.

 

Flash Yala Sena
[email protected] 

 

 

 

Imprimir