Cidadeverde.com
Esporte

Zagueiro do Barcelona, Gerard Piqué anuncia aposentadoria aos 35 anos

Imprimir

O zagueiro Gerard Piqué anunciou nesta quinta-feira que vai se aposentar no fim de semana. O jogador de 35 anos, que conquistou diversos títulos com a camisa do Barcelona, avisou que sua despedida será no sábado, na partida contra o Almería, no Camp Nou, pela 13ª rodada do Campeonato Espanhol.

O fim da carreira do atleta foi anunciada nas redes sociais. "Culers, tenho que contar uma coisa", disse Piqué, em referência aos torcedores do Barça.

"Este sábado será meu último jogo no Camp Nou. Passarei a ser mais um 'culer', torcerei pelo time e transmitirei o meu amor ao Barça aos meus filhos assim como minha família fez comigo", declarou.

O anúncio contou com um vídeo bem produzido, intercalando imagens do jogador com a camisa do Barcelona com cenas de sua infância, gravadas pela família.

Ao longo de dois minutos, Piqué fala sobre sua ligação e torcida pelo clube catalão desde os primeiros anos de vida. "Decidi que este é o momento de encerrar este ciclo. Sempre diz que depois do Barça não haveria outro clube na minha carreira", afirmou.

Com a decisão, Piqué vai encerrar uma história de 21 anos com o Barça, time no qual foi revelado na base. Ele também defendeu o Manchester United em sua carreira, entre 2004 e 2008, quando participou da conquista de uma edição do Campeonato Inglês e da Liga dos Campeões.

Mas foi no Barcelona que o zagueiro ergueu o maior número de troféus. Foram títulos do Campeonato Espanhol, sete da Copa do Rei, seis da Supercopa da Espanha, três Supercopa da Europa, além de mais três troféus da Liga dos Campeões e três Mundiais de Clube da Fifa.

Ele também somou diversos prêmios individuais e dois troféus de peso pela seleção espanhola: a Eurocopa de 2012 e a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

POLÊMICAS

Nos últimos anos, no entanto, Piqué vinha se tornando mais conhecido pelas polêmicas do que pelos resultados em campo e pelos títulos, na esteira da má fase vivida pelo Barcelona, entre dívidas e perdas importantes no elenco, caso do atacante argentino Lionel Messi.

Fora de campo, o zagueiro do Barça se tornou notícia pelo divórcio rumoroso com a cantora Shakira, em meio a boatos sobre suposta traição conjugal.

Na área profissional, o jogador iniciou a chamada transição de carreira nos últimos anos ao liderar e fundar o grupo Kosmos, de marketing esportivo e investimento.

Piqué se tornou alvo de fãs de tênis e entidades da modalidade ao comprar os direitos de realização da Copa Davis e promover mudanças profundas no tradicional torneio por equipes. A relação entre o Kosmos e a Real Federação Espanhola de Futebol também levou o jogador ao noticiário.

Áudios vazados pela imprensa espanhola revelaram detalhes sobre a negociação que rendeu uma vultosa e criticada comissão ao seu grupo. O zagueiro do Barça e o presidente da federação, Luis Rubiales, foram denunciados pelo Ministério Público da Espanha.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir