Cidadeverde.com
Cidades

Projeto arrecada brinquedos para crianças da rede municipal

Imprimir

A edição 2022 do Natal Natureza, projeto social da Prefeitura de Teresina realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), conclui, esta semana, a sua primeira fase: a arrecadação de brinquedos para doação a estudantes da rede municipal de ensino.

Há mais de 10 anos, a campanha vem sendo organizada pelo do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Semam, conforme a Lei Municipal 2.475/1996, que dispõe sobre a política de proteção, conservação, recuperação e desenvolvimento do meio ambiente.

A lei estabelece a realização do Natal Natureza dentro do calendário de atividades de educação ambiental do órgão como forma de estimular o comportamento solidário e o respeito ao meio ambiente. “O projeto começa a ser desenhado, já em setembro e, em outubro, os brinquedos começam a ser arrecadados”, explica o secretário de Meio Ambiente, Luis André.

Papai Noel Ecológico

Como parte do projeto, mudas estão sendo trocadas por brinquedos nas escolas particulares de Teresina. Este ano as escolas que participam são a Maple Bear, Colégio COC e CEV. Os presentes arrecadados serão distribuídos para estudantes de escolas municipais ainda em processo de seleção.

“As crianças adoram, pois não vamos às escolas simplesmente recolher os presentes. Esse dia também é especial para eles. Levamos o nosso Papai Noel Ecológico, que tem a roupa verde em vez de vermelha, e há todo um clima de festa”, afirma Naisis Castelo Branco, gerente do NEA.

Mais do que arrecadar presentes, a campanha visa chamar a atenção para a conservação da natureza. Por meio da ação, o Natal Natureza mobiliza escolas da rede privada de ensino e empresas para incentivar seus estudantes e funcionários a doarem brinquedos em troca de mudas de plantas.

A ação também os estimula não apenas ao plantio e ajuda ao reflorestamento do perímetro urbano, mas atenta para questões que incluem ecologia, meio ambiente e sustentabilidade. “É um ganho para todos. Temos um projeto que inclui ação social e conscientização e educação ambientais”, conclui o secretário.

Da Redação

Imprimir