Cidadeverde.com
Últimas

Humorista Paulo Vieira apresenta posse de Lula apesar de restrições da Globo

Imprimir

 

 

O evento da posse de Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, como presidente da República, terá diversos artistas, como divulgou a futura primeira-dama, Janja da Silva. Pelo Instagram, ela também informou que o megashow será transmitido ao vivo com apresentação de Titi Müller, repórter e apresentadora, e Paulo Vieira. O humorista da rede Globo deve apresentar a posse do petista mesmo com orientações da emissora para restringir manifestações políticas de seus funcionários.

A Globo não proíbe que atores e apresentadores se manifestem politicamente, mas estabelece regras. Em nota, a emissora disse à Folha, que os funcionários não podem integrar campanhas de quaisquer candidatos ou partidos políticos, se estiverem no ar em alguma atração.

Os funcionários não podem vincular seu posicionamento à emissora e apresentadores também não têm permissão para traçar paralelos políticos diretos durante seus programas.

As orientações não impedem, no entanto, que artistas e apresentadores declarem apoio em ocasiões como entrevistas, eventos ou aparições que não tenham relação com a emissora.

As manifestações devem ser "feitas no âmbito privado" e "não podem comprometer a percepção do público sobre a isenção da empresa", diz a nota. A Globo afirma manter "sua posição de neutralidade e isenção".

Nas suas redes sociais, Vieira já havia declarado voto no petista. Antes do segundo turno da corrida presidencial deste ano, o humorista usou o Twitter para convidar eleitores indecisos a conversar com ele: "Vocês têm algum parente que pode ser convencido por mim a votar no Lula? Essa semana vou ligar pra um monte de gente", escreveu na postagem.

Paulo também esteve em um encontro promovido pela campanha do PT entre artistas e intelectuais, em setembro. O humorista compareceu, inclusive, ao casamento de Lula e Jana.

No evento da posse haverá apresentações de Paulinho da Viola, Margareth Menezes, pastor Kleber Lucas e Leonardo Gonçalves. Os artistas se somam a nomes como Pabllo Vittar, Gaby Amarantos, Martinho da Vila, Gilsons e Teresa Cristina que já estavam confirmados para a posse do petista. Ao todo, segundo Janja, serão mais de 20 apresentações.

Fonte: Folhapress

Imprimir