Cidadeverde.com
Últimas

Polícia Civil investiga desmatamento e grilagem de terra em reserva indígena no Piauí

Imprimir

Foto: Divulgação/PC-PI

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) investiga uma denúncia de desmatamento  e grilagem de terras dentro da área de uma reserva indigena localizada na região da Serra dos Quilombos, entre Santa Filomena e Gilbués, no Sul do Piauí. 

Segundo o delegado Emir Maia, a área foi demarcada e cedida pelo Instituto de Terras do Piauí (Interpi) a cerca de 20 famílias da etnia Akroá Gamella, que sofrem com constantes ameaças por parte dos criminosos que exploram indevidamente a terra. 

"Estamos ouvindo o cacique e seu filho. Houve desmatamento de uma grande área dentro da reserva indigena com o uso de correntões. Há um suspeito e a motivação é a grilagem", disse o delegado ao Cidadeverde.com.

Agentes da Polícia Civil estiveram no local acompanhados de uma equipe da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (SEMAR), mas não encontraram as máquinas que teriam sido usadas para o desmatamento, ocorrido no começo de dezembro. 

“Queremos identificar o autor do desmatamento, iniciá-lo pela prática deste crime, requisitar exame pericial ambiental, requerer busca e apreensão dos instrumentos utilizados, e, após,  enviar os autos à Justiça”, concluiu Emir Maia.

Breno Moreno
[email protected]

Imprimir