Cidadeverde.com
Economia

Quem não fizer a prova de vida sairá da folha de pagamento, alerta IPMT

Imprimir

O Instituto de Previdência dos Servidores de Teresina (IPMT) convocou 455 servidores inativos e pensionistas para realizarem a Prova de Vida referente ao ano de 2022. Segundo o órgão, quem não fizer o procedimento pode deixar de receber o benefício previdenciário. 

“A implicação para quem não fizer a prova de vida é sair da folha de pagamento, por isso fazemos o pedido para que não deixem para a última hora, façam agora no começo”, alertou Kennedy Glauber, presidente do IPMT, ao Jornal do Piauí nesta sexta-feira (6).

Os servidores e pensionistas convocados podem solicitar o agendamento da Prova de Vida a partir da próxima segunda-feira (9), via email, até o dia 13 de fevereiro de 2023. Todo o procedimento será feito de modo remoto, através de videoconferência. 

Foto: Reprodução/Google Maps

Servidor e pensionistas que estejam impossibilitado de realizar a videochamada devem comunicar essa condição ao solicitar o serviço. “Iremos até o servidor. Vamos providenciar uma visita com a assistente social”, garantiu Kennedy Glauber.

Os demais servidores e pensionistas que não constam na lista de convocação divulgada pelo IPMT não precisam procurar o órgão para eventuais regularizações. Isso porque sua prova de vida já foi realizada através do cruzamento de dados. 

Breno Moreno
[email protected]

Imprimir