Cidadeverde.com
Política

Rafael reúne gerentes regionais de Educação para definir metas

Imprimir

Foto: Ccom

O governador do Piauí, Rafael Fonteles, esteve reunido, na manhã desta quinta-feira (19), com os secretários da Educação, Washington Bandeira, e do Planejamento (Seplan), Washington Bonfim, além dos 21 gerentes regionais e os quatro superintendentes responsáveis pela educação no Estado, para discutir as metas prioritárias da pasta.

De acordo com o governador, as prioridades da gestão na área da educação incluem a melhoria do ensino médio; aumentar a cooperação com os municípios, principalmente no que se refere à alfabetização na idade certa; fortalecer o ensino técnico; aumentar o número de escolas em tempo integral, tornando-as técnicas, com laboratórios de informática, internet rápida e de qualidade; além tornar as escolas da rede municipal ainda mais tecnológicas.

Em relação à cooperação com os municípios, o governador enfatizou que à necessidade que todos atuem sem viés partidário. “É importante a parceria com todas as secretarias municipais de Educação, com os parlamentares e prefeituras”, disse Rafael Fonteles. Tudo para melhorar a educação do Estado como um todo e não apenas na rede estadual. “Estou confiante de que esta equipe dará conta do recado de cumprirmos as metas do governo que é duplicar as escolas de tempo integral e dobrar as matrículas em escolas profissionalizantes, ensino técnico e tecnológico”, afirmou.

Rafael comentou estar satisfeito com a integração com o Governo Federal e destacou as audiências realizadas com o ministro da Educação Camilo Santana. “Nessa união de esforços iremos alcançar, sem dúvida, os primeiros lugares nos rankings educacionais do país e garantir, portanto, o desenvolvimento de longo prazo do nosso estado”, declarou o governador.

Para Washington Bandeira, o objetivo principal da atual gestão é acelerar, avançar e modernizar a Educação do Piauí. “A educação é o ponto de partida para as grandes transformações sociais e desenvolvimento econômico”, ressaltou o gestor.

O secretário destacou também a renovação nas gerências regionais. Dos 21 gerentes, nove assumiram recentemente. Bandeira falou que esse momento é histórico e emblemático convocado pelo governador Rafael Fonteles, com os novos gerentes.

“Foi uma reunião para alinhamento de metas e de planejamento estratégico com foco nas prioridades claras no plano de governo. Destaco a expansão e até universalização do ensino de tempo integral, o aumento do número de matrículas do ensino profissional e técnico voltado para tecnologia da informação e outras vocações produtivas do estado e colaboração com os municípios para alfabetização na idade certa”, afirmou Bandeira.

O secretário falou do desenvolvimento de boa política pública baseada e orientada em metas e resultados e isso passa diretamente pela qualificação dos profissionais. “Vamos investir muito em capacitação e qualificação tanto na parte pedagógica quanto na parte de gestão”, disse, enfatizando que os gerentes regionais têm o papel de ser a Seduc nas regiões. Ele disse ainda que o processo seletivo de gestores e diretores está sendo desenhado e terá como prioridade o perfil técnico.

O professor Tarício Pires, gerente da 4ª Reginal de Educação (GRE), afirma que as ações do plano de educação do atual governo são fortes. “Estamos motivados e impregnados com o desejo de ajudar na transformação do Piauí por meio da educação”, diz, destacando que a classe está satisfeita com a garantia do pagamento do piso nacional. “Isso é de extrema importância para os educadores”, declara.

Da Redação
[email protected] 

Imprimir