Cidadeverde.com
Entretenimento

Fábio Jr.: ‘minhas fãs são bem criativas. Inclusive, casei com uma’

Imprimir

Van Campos / AgNews

Fábio Jr. começa 2023 com shows para sua saudosa legião de fãs. Neste sábado, 21, o cantor se apresenta no Espaço Unimed, em São Paulo, e dia 28, será a vez do Rio de Janeiro. No ano de seus 70 anos, o cantor, compositor, multi-instrumentista e ator está entusiasmado por manter essa carreira de sucesso, com canções que fazem parte da vida dos brasileiros. "Se não fossem os fãs, eu não existiria", reconhece o romântico músico em entrevista, por email, ao Estadão.

Com trajetória nos palcos e nas telas, Fábio Jr. já soma mais de 60 anos de carreira artística, que começou a ser desenhada no início dos anos 1960, quando, ainda criança, se apresentava com sua banda no programa de TV Mini-Guarda. Quando adolescente, foi testar a veia de ator e integrou teleteatro ao lado de Cacilda Becker, Etty Frazer e Paulo Autran. Como o próprio Fábio afirma, foi uma fase de aprendizado, "eu ficava escondido, quietinho ali vendo a gravação das cenas deles".

De lá para cá, o Brasil acompanhou o processo de crescimento do cantor e também do ator Fábio Jr., com seus inúmeros trabalhos não apenas na TV, mas no cinema também, onde fez, entre outros filmes, Bye Bye Brasil, de Cacá Diegues. O lado pessoal do ídolo ganhou destaque na mídia e nas redes, com o cantor passando por sete casamentos, dos quais geraram os filhos Cleo, da relação com Glória Pires, Krizia, Tainá, Fiuk, do casamento com Cristina Karthalian, e Záion, filho de Mari Alexandre. Está casado há cinco anos com Fernanda Pascucci.

A seguir, a entrevista com Fábio Jr. concedeu ao Estadão, onde fala da carreira artística, da importância das fãs e como se vê perante a sociedades e os problemas inerentes a ela.

Andy Santana / AgNews

Como é subir ao palco e cantar composições que todos na plateia acompanham?
Como eu sempre digo: Ninguém faz nada sozinho... e se não fossem os fãs, o publico, eu não existiria, MESMO! E sentir essa troca, não tem preço, são eles que fazem o show acontecer.

Qual é o sentimento de um artista há tantos anos sendo reverenciado e continuar sendo amado por essa leva de fãs?

Obrigado!! (rsrs) Sentimento de gratidão... quando eu digo "BRIGADUUU"! É exatamente isso! Agradeço e repito sempre, e é por isso que estou aqui.

Que canção não pode faltar em show seu? Alguma música você tem vontade de parar de cantar? Existe isso?

Ah! Graças a Deus tem bastante! Acho que 20 e poucos anos, O Que É Que Há?!, Senta Aqui, Alma Gêmea ... Parar?! Nãooo, tá maluco? maluco?? (rsrs).

Suas músicas falam de você, do que passou, de seus desejos, projetos, amores, desamores?

Acho que falam de tudo um pouco, nunca só uma coisa, ou outra. Uma das primeiras letras que escrevi, por exemplo, foi vendo a paixão de um amigo por uma mulher. Mas sempre tem uma identificação com a gente... se não, não rola.

Passou algum perrengue com suas fãs, elas são numerosas e como fãs, nem sempre têm limites, né?

Ahh! rsrs sempre tem! Mas não acho que seja perrengue... elas são bem criativas, né?!? (rsrsrs) Inclusive, eu casei com uma!!! (rsrs).

Como você se enxerga, está realizado em sua carreira, vida pessoal?

Sou muito abençoado, muito mesmo! Só agradeço a Deus, e a toda moçada da Luz, por tudo! Minha carreira, as pessoas que me acompanham... meus filhos, amigos, meu amor! Tá tudo certo! É só a gente prestar atenção e viver a vida da melhor maneira, todos os dias! E agradecer sempre!

Daniel Pinheiro / AgNews

 

O que o Fabio Jr. no alto de seus quase 70 anos diria ao menino Fabio Jr. em começo de carreira, ainda cabeludo?

" (Rsrs)" ... Diria o que meu pai me disse, desde sempre: Não desista, e trabalhe duro... estude bastante com disciplina e com amor. Nem sempre é simples, ou fácil, mas sempre dá certo!

E o Fabio ator, não tem vontade de voltar a fazer novelas? Você é tão bom ator…

É aquela famosa frase: nunca diga nunca rsrs, eu gosto bastante, mas tá tudo certo assim, e com agenda de shows e tal, fica mais difícil, …, Mas de vez em quando eu mato a saudade, participando aqui e ali... ano passado participei do filme da Cleo Me Tira da Mira, foi uma delícia, legal pra caramba!

Aliás, o início de sua trajetória como ator contou com nomes dos mais relevantes, atuou ao lado de Cacilda Becker, Paulo Autran, entre vários ícones. Como foi essa experiência inicial?

Caramba! Pois é! Que honra a minha, Meus Deus do céu! comecei bem cedo, e Graças a Deus tive muitas oportunidades e muita sorte de trabalhar com grandes artistas; como Cacilda Becker, Paulo Autran, Lima Duarte, Beth Faria, e tantos outros ídolos meus. Na época das novelas, eu ficava escondido, quietinho ali vendo a gravação das cenas deles, pra aprender, sabe?! Era demais, muito aprendizado, pra vida mesmo.

Faltou fazer alguma coisa? O que ainda está em seus projetos de vida?

Sempre tem coisas pra fazer! Tem muita coisa boa vindo por aí! Aguardem... Tchãnñããã....rsrs.

Fabio Jr. se preocupa com a realidade brasileira, em como tornar nossa sociedade melhor?

Sempre. Eu penso que, como seres humanos, temos sempre que ter esperança e fazer a nossa parte pra tornar esse mundo um lugar melhor para nós e para os que virão.

SERVIÇO

Fábio Jr.

Espaço Unimed. Rua Tagipuru, 795, Barra Funda, São Paulo.

Sábado, 21h, a partir de 22h. De R$ 90 a R$ 400.

 

Estadão Conteúdo

Imprimir