Cidadeverde.com

Tio é preso suspeito de estuprar sobrinha de 9 anos em Teresina

Foto: Tiago Melo/TV Cidadeverde.com 

Um homem de 46 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (25) suspeito de estuprar a própria sobrinha em Teresina. De acordo com a delegada Rosa Chaib, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), os abusos aconteceram quando a vítima tinha nove anos. A denúncia foi realizada após a mãe da vítima notar sintomas de depressão na filha.

“Primeiramente ela informou uma depressão, sintomas psicológicos, choro e depois a criança relatou o que acontecia, que o tio estava abusando dela”, explicou a delegada.

Atualmente, a vítima tem dez anos. Segundo a delegada, os abusos aconteciam na residência do suspeito, em momentos que a criança dormia no local. A vítima é filha de uma irmã do suspeito.

“A sobrinha dele tinha contato mais próximo, dormia na residência dele porque a vítima é filha da irmã dele e ela dormia algumas vezes lá e acontecia no momentos em que ela estava dormindo, segundo ele, dormiam todos no mesmo cômodo, mas o suposto autor negou todos os fatos”, acrescentou.

A delegada informou ainda que a DPCA investiga outras denúncias de abusos envolvendo o suspeito, incluindo a filha dele e duas vizinhas, que hoje estão com 16 e 22 anos.

“A de 22 anos relatou que aos oito anos, quando começou o suposto abuso, ele na época era vendedor de CDs e DVDs e a chamava para ver um CD infantil, de desenho e tudo. Ela se aproximava e quando ela se aproximava, ele começava os toques. Até então ela ficou silente e depois ela descobriu que essa outra amiga, ele a abordava da mesma forma, inclusive chamou para testemunhar”, informou.

Já sobre o caso da filha do suspeito, Rosa Chaib disse que a denúncia chegou ontem (24) na DPCA e as investigações estão em curso.  

“O caso da filha ainda é recente, entrou no final do dia de ontem, havia uma suspeita de uma suposta gravidez, a criança tinha sido levada pela própria mãe a uma médica e lá a médica suspeitou, mas foi constatado que não há gravidez, no entanto as investigações ainda estão em curso, tudo feito dentro da lei”, detalhou a delegada.

O suspeito negou as denúncias e informou que está sofrendo vingança. Equipes do Conselho Tutelar de Teresina acompanham os casos. 

Rebeca Lima e Tiago Melo (TV Cidade Verde) 
[email protected]

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais