Cidadeverde.com
Geral

Hospital do Matadouro oferece exame de colposcopia e biópsia

Imprimir

Um novo serviço, direcionado à saúde da mulher, será implantado pela Prefeitura de Teresina, por intermédio da Fundação Municipal de Saúde (FMS), no Hospital Oséas Sampaio, conhecido como Hospital do Matadouro, a partir do dia 1º de setembro. Trata-se do exame de colposcopia e biópsia do colo de útero, com o fim de atender grande demanda de assistência ginecológica da zona Norte da cidade.

De acordo com a diretora do Hospital do Matadouro, Mariluce Ferreira, a iniciativa da FMS vai atender as necessidades da unidade de saúde na prestação desse serviço para a comunidade, uma vez que é grande a procura por esses exames. Somente na área de ginecologia, o hospital realiza cerca de 700 a 800 atendimentos por mês, média que vem aumentando significativamente mensalmente.

O exame de colposcopia é um método de estudo da fisiologia e das patologias do trato genital inferior, sendo útil para o diagnóstico das lesões precursoras ou invasivas de câncer de colo uterino, sendo necessário para determinar a localização, tamanho e extensão das lesões. É realizado como exame complementar ao exame de Papanicolau, quando este apresenta alteração ou quando o médico, ao fazer o exame clínico ginecológico, observa alguma alteração que mereça investigação.

Biópsia de colo de útero é a retirada de um fragmento para fins de exames. O material coletado é enviado para estudo anátomo-patológico, que consiste na observação das alterações morfológicas dos órgãos, tecidos e/ou células. Esses dois procedimentos já vêm sendo realizados pelo Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo e Hospital-Maternidade Wall Ferraz, no Dirceu Arcoverde.

Atendimentos - O Hospital do Matadouro é uma das unidades de saúde de maior demanda da capital, com uma média de 5.500 atendimentos por mês nas mais diversas especialidades. O hospital também realiza cerca 3.900 atendimentos de urgência em pediatria e clínica médica.

De acordo com a diretora Mariluce Ferreira, a demanda de atendimento geral vem crescendo nos últimos meses, embora tenha havido a manutenção de uma média de 5.500 procedimentos no primeiro semestre. O hospital atende nas especialidades de clínicas geral, pediátrica, ginecológica, ortopédica, dermatológica, nutrição, psiquiátrica, psicologia, urologia, enfermagem, além da urgência e emergência.

Somente na clínica geral são realizados 650 atendimentos mensais e na clínica pediátrica, 380. Em ginecologia, são atendidas cerca 700 a 800 mulheres por mês e 110 na ortopedia. Na clínica dermatológica, são 122 atendimentos, enquanto em nutrição são realizadas 60 consultas por mês e em enfermagem, 86. A clínica psiquiátrica responde por 70 atendimentos mensais e 80 em psicologia. Em atendimento de urgência pediátrica são 1.800, e 2.100 em clínica médica.

Redação
[email protected]

Tags:
Imprimir