Cidadeverde.com
Geral

Vendedora é arrastada por ladrões numa moto

Imprimir

A assistente de vendas, Rosirene Pereira de Sousa, 37 anos, foi arrastada pela avenida Barão de Castelo Branco, no bairro Cidade Nova, zona Sul, no último sábado, às 19 horas, quando sofria uma tentativa de assalto.

Rosirene disse que estava passando na avenida esperando uma pessoa, quando dois rapazes numa moto se aproximaram dela. Ela afirmou que eles deram um grito que a assustou. No mesmo instante puxaram sua bolsa e ela caiu.
 

Rosirene (que nao quis mostrar o rosto) está com hematomas e ferimentos por todo o corpo

Ao cair, bateu com a boca no asfalto e a vendedora foi arrastada por alguns instantes, já que a moto estava em movimento e só depois eles soltaram a bolsa e fugiram. “Eu segurei a bolsa, não foi reagindo ao assalto, mas como uma forma de me segurar, já que eu estava caindo. Só que eles arrancaram com a moto e por isso fui arrastada”, argumentou Rosirene.
 
Na queda, além de quebrar um dente e ferir a boca, ela teve ferimentos nos dois joelhos, nas mãos, dedos e nos braços.
 
 
 
 
Ela veio ao Cidadeverde.com fazer uma apelo às autoridades de segurança, para aumentar o policiamento no bairro Cidade Nova. “Está um perigo, não podemos mais sair nas ruas porque podemos ser vítimas de assaltos. Quero poder sair de uma esquina a outra do meu bairro em segurança”, declarou.

 E acrescentou: “Pelo menos nesta época de festejos, deveria aumentar o número de policiais na praça das Comunicações e redondezas”.

 

Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Tags:
Imprimir