Cidadeverde.com
Esporte

Atlético bate Vitória e fica a um ponto do Palmeiras

Imprimir
O Atlético-MG venceu o Vitória por 1 a 0 neste sábado, no Mineirão, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, com gol de Diego Tardelli, que ainda perdera um pênalti no segundo tempo. Com o resultado, o Galo ficou a apenas um ponto do líder Palmeiras, que perdeu por 2 a 0 para o Santo André terça-feira passada. De quebra, Tardelli se isolou na artilharia da competição, com 16 gols.

PRIMEIRO TEMPO

Em um primeiro tempo com raras chances de gols, o primeiro chute a gol do jogo só foi acontecer aos 27 minutos, com Diego Tardelli. E bastou essa chance para o atacante abrir o placar. Tardelli recebeu passe nas costas da zaga, que vinha se postando mais adiantada e, cara a cara com Viáfara, não desperdiçou. Após o gol, o jogo permaneceu morno e o Vitória só respondeu dez minutos depois.



Após boa trama de Roger com Jackson pela direita, a bola ficou com Willians. Ricardinho chegou na cobertura e acabou dando um passe para Roger dentro da área. Com a bola dominada, o atacante tentou o gol em giro. Resultado: isolou a bola. O time rubro-negro seguiu pressionando mas não ofereceu perigo na etapa. E quase pagou pela falta de objetividade pouco tempo depois.

Aos 41, Ricardinho, com lindo passe, deixou Serginho livre para ampliar. Mas Viáfara, bem postado, espalmou o chute à quima-roupa para fora.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, o Vitória veio com Neto Berola e Leandrão no lugar de Nino Paraíba e Roger. Mas nos primeiros minutos, as alterações não foram sentidas. E, aos sete minutos, Diego Tardelli quase ampliou. Coelho deu belo lançamento para o atacante que viu Viáfara deslocado e de primeira tentou o canto direito do goleiro. A bola passou bem perto da trave direita e saiu.

Só depois disso que, como o esperado, o Vitória passou a ter maior movimentação. Aos 21, Willian perdeu um gol feito, chutando em cima de Carini. Mas o gol mais perdido do jogo aconteceu aos 25. Willian teve uma nova chance pela esquerda mas Carini defendeu. Na sobra, Neto Berola passou para a Gláucio que chutou na trave e viu a bola passear por toda a linha do gol até a outra trave.

Aos 27 minutos, o árbitro Elmo Alves Resende Cunha marcou pênalti questionável de Uelliton sobre Diego Tardelli. Mas desta vez, a estrela do artilheiro não brilhou. Tardelli bateu no canto esquerdo e Viáfara voou certo para a defesa.

Ao fim, aos 42 minutos, Leandro ainda recebeu um cartão vermelho após reclamar da marcação de uma falta. Mas o jogo acabou sem a alteração do placar.

ATLÉTICO-MG 1 X 0 VITÓRIA

DATA/HORA: 24/10/09 às 18h30
LOCAL: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
ÁRBITRO: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
AUXILIARES: Adnilson da Costa Pinheiro (MS) e Lincoln Ribeiro Taques (MT)
GOLS: Diego Tardelli, 27'/1ºT (1-0)
CARTÕES AMARELOS: Nino Paraíba, Wallace, Roger, William, Uelliton, Magal e Leandro (VIT); Thiago Feltri, Marques e Diego Tardelli (ATL)
CARTÃO VERMELHO: Leandro, 42'/2ºT (VIT)

ATLÉTICO-MG: Carini, Coelho (Renan, 15'/2ºT), Werley, Jorge Luiz, Thiago Feltri; Jonilson, Serginho (Evandro, 26'/2ºT), Márcio Araújo, Ricardinho; Rentería (Marques, 23'/2ºT) e Diego Tardelli. Técnico: Celso Roth.

VITÓRIA: Viáfara, Nino Paraíba (Neto Berola, Intervalo), Wallace, Fábio Ferreira, Leandro; Magal, Uelliton, Willian (Carlos Alberto, 27'/2º), Jackson; Gláucio e Roger (Leandro, Intervalo). Técnico Vagner Mancini.


Fonte: Lancenet
Tags:
Imprimir