Cidadeverde.com

Oeiras recebe formação de Enfretamento à Violência LGBTfóbica

A Prefeitura de Oeiras e a Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (SASC) promoveram na manhã desta quarta-feira, 27, mais uma etapa para construção do Plano Municipal de Enfretamento à Violência LGBTfóbica. Realizada no Cine Teatro, a formação ‘Respeitar é preciso" contou com representantes do poder público e de outros segmentos da sociedade.

O encontro fomentou o debate sobre conceitos, avanços, entraves, legislações e políticas públicas voltadas a proteção social e promoção de ações inclusivas para a população LGBTQIA+, visando o respeito à dignidade e à diversidade humana. O público-alvo foram os servidores da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), do Núcleo da Família da Educação Municipal e Núcleo Ampliado de Atenção à Saúde da Família (Nasf).

O momento foi conduzido pelas Gerentes de Enfrentamento à LGBTfobia da Superintendência de Direitos Humanos da Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (SASC), Joseane Borges e Marcela Braz. Na ocasião também foram apresentados os integrantes do Comitê Municipal de Enfretamento à Violência LGBTfóbica de Oeiras.

A formação contou com a participação da secretária municipal de Assistência Social, Vanessa Reinaldo; secretário municipal de Juventude, Junior Miranda; secretário municipal de Indústria, Trabalho, Comércio e Serviço, Adão Silva; mobilizador do Núcleo de Cidadania de Adolescentes (NUCA), Antoniel Sousa; e servidores da Semas, do Núcleo da Família da Educação Municipal e Núcleo de Ampliado de Atenção à Saúde da Família (Nasf), da vereadora Heloisa Helena e da ativista e presidente do Movimento Piauiense de Assistência à Cidadania (Mopac), Katia Tapety.

Fonte: Ascom