Cidadeverde.com

Dupla é presa em Oeiras após invadir UPA para matar desafeto

Foto: Divulgação / PMPI

Uma dupla foi presa, neste sábado (27), após invadir uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Oeiras, distante 281 km de Teresina, para matar um desafeto. Os presos são primos e foram identificados como Railson Batista, de 25 anos, e Antônio Francisco, de 33 anos. A vítima é Marivaldo da Silva, de 23 anos. 

A ocorrência foi registrada por volta das 5h da manhã de sábado, quando, segundo relataram os suspeitos ao delegado regional de Oeiras, Juarez Paiva, Marivaldo teria furtado de Antônio Francisco a quantia de R$ 320. 

“Os autores relataram que a vítima teria subtraído a quantia de Antonio Francisco e na Delegacia disseram que ele também é acusado de roubar galinhas da mãe de Railson. Disseram que não queriam matar ela, mas dar uma lição”, testemunhou o cabo Jader Osorio. 

Ao delegado, Antônio relatou que estava em uma festa quando deitou em uma calçada embriagado e acabou dormindo. O primo dele, Railson, teria visto o momento em que Marivaldo furtou a carteira de Antonio. Railson teria acordado o primo e ido em direção da vítima, que teria sido agredida com socos antes de correr para a UPA. 

“Quando chegamos na UPA, eles estavam do lado de fora bastante agressivos, querendo adentrar novamente para terminar de executar a vítima. Danificaram a porta da UPA e tinham marcas de sangue no chão da recepção. Só não conseguiram porque alguns funcionários conseguiram interferir”, destacou o cabo Jader no relatório da PM. 

Os dois foram presos pela Polícia Militar de Oeiras e encaminhados ao 4º Distrito Policial da cidade, onde vão responder pelos crimes de tentativa de homicídio e dano ao patrimônio público. 

Nataniel Lima
[email protected]