Cidadeverde.com

Culinária beneficia mulheres e vira alternativa de renda em Oeiras

Grupos de mulheres, organizados pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), por meio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS I), estão pondo a ‘Mão na Massa’, produzindo salgados e gerando renda no município de Oeiras.

Graças ao Projeto Mão na Massa, mulheres inseridas no Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e responsáveis familiares por crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) estão aprendendo a fabricar salgados e outras delícias.

A abertura do projeto aconteceu na semana passada, numa oficina que ensinou os grupos a produzirem pastéis, bombas, coxinhas, empadas e uma grande diversidade de salgadinhos para comercialização em grande escala.

Vanessa Reinaldo, secretária municipal de Assistência Social, comenta que o projeto oferece alternativas de geração de renda, criando possibilidades empreendedoras, além de estimular competências e potencialidades das mulheres envolvidas. “Promovendo capacitações e atividades produtivas, estas famílias poderão sair da vulnerabilidade e risco social, e deste modo a Semas estará viabilizando a inclusão social e a garantia de direitos”, pontua a secretária.

A Semas organizou o projeto "Mão na Massa" em quatro etapas: a primeira aconteceu na sede do CRAS I, a segunda será na comunidade Malhada Grande, a terceira na localidade Queiroz e a última na Várzea da Cruz, no mês de outubro. A ministrante do curso é a culinarista Elda Santana.

Fonte: Ascom