Cidadeverde.com

Prefeitura incentiva a cajucultura na zona rural de Oeiras

A Prefeitura de Oeiras está incentivando o desenvolvimento sustentável da cajucultura na zona rural do município. No último sábado, 17, o prefeito José Raimundo esteve em duas comunidades distribuindo milhares de mudas de caju a agricultores familiares.

No Assentamento Faveira do Horácio, região do povoado Morro Redondo, 23 famílias estão sendo beneficiadas com 1.500 mudas de caju. No Assentamento Mocha, região do povoado Curral Velho, oito famílias receberam 1.200 mudas, doadas pela Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria Municipal da Agricultura.

Além das mudas, os assentamentos também foram contemplados com sistemas de irrigação, disponibilizados pela Coordenadoria Estadual de Fomento à Irrigação – COFIR. Segundo Juvenal Souza, secretário municipal da Agricultura, o objetivo é fortalecer a cajucultura em Oeiras a partir do desenvolvimento da agricultura irrigada.

“Esta é uma forma de convivência com o semiárido, visto que o caju é uma cultura resistente ao sequeiro. Com isso, estamos promovendo desenvolvimento rural, renda e sustentabilidade para as famílias”, ressalta o secretário.

Ao todo, 12 hectares de terras serão plantados. O plantio das mudas será feito utilizando kits de irrigação, através dos sistemas de gotejamento e micro aspersão. “Todos estes sistemas estão com subsídio de energia, ou seja, os agricultores vão pagar apenas 30% do valor habitual. Isso dá um estímulo ao aumento da produção”, acrescenta Juvenal Souza.

Zé Raimundo destaca que a Prefeitura Municipal está incentivando a estruturação de uma cadeia produtiva de caju em Oeiras. Além disso, ele lembra que outras culturas estão sendo estimuladas, de acordo com a adequação produtiva de cada região do município. “Temos uma equipe que está sempre atenta para que estas ações cheguem ao município como um todo”, resume o prefeito.

O coordenador estadual de Fomento à Irrigação, B.Sá, lembra que Oeiras tem um grande potencial para a geração de renda e empregos no campo. “Ficamos felizes quando andamos nos lugares em que temos uma reposta do nosso trabalho. Nada a gente consegue com um passe de mágica. Tem que ter suor, luta e determinação. Os assentamentos Faveira do Horácio e Mocha são modelos para todo o Piauí e nos estimulam para continuar fazendo este trabalho em vários outros lugares”, afirma B.Sá.

A visita aos assentamentos também foi acompanhada pelo deputado estadual, Bessah Araújo.

“Em nome da associação, nós agrademos a doação das mudas e dos kits de irrigação. Só temos a agradecer a todos, de coração”, festeja o presidente de Assentamento Mocha, Raimundo Filho.

 Fonte: Ascom