Cidadeverde.com

Oeiras apresenta experiência exitosa na prevenção do suicídio em Congresso Nacional

Profissionais do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e Núcleo de Prevenção do Suicídio levaram a experiência exitosa do município de Oeiras na prevenção do suicídio ao 34º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde e 6º Congresso Norte e Nordeste, realizado entre 25 e 27 de julho, em Belém-PA.

A experiência exitosa foi apresentada na 15ª Mostra Brasil Aqui Tem SUS, que acontece dentro da programação do Congresso Nacional. Intitulado “A Importância da Campanha Setembro Amarelo na Prevenção do Suicídio no município de Oeiras”, o trabalho foi apresentado pela coordenadora do CAPS, Sueli Viana, e pela coordenadora do Núcleo de Prevenção do Suicídio em Oeiras, Evanilde Borges. A secretária municipal de Saúde, Auridene Freitas, também participou do evento que contou com a presença de 1.478 secretários municipais de Saúde.

A Mostra dá oportunidade para divulgação de experiências exitosas de secretarias municipais de Saúde de todos os estados do país com objetivo de mostrar o SUS que dá certo, experiências bem sucedidas que podem inspirar profissionais de saúde e gestores. Os trabalhos são apresentados oralmente pelos autores, divididos em salas com a participação do público e de avaliadores.

Prevenção do Suicídio

Instituído em 2010 pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), o Núcleo de Prevenção do Suicídio desenvolve ações e propostas focadas na linha de cuidado em rede, com encaminhamento aos serviços de referência e construção do Projeto Terapêutico Singular e Matriciamento.

Aliado ao Núcleo, foi criado em 2017 o Grupo de Apoio Permanente e Intersetorial de Prevenção e Enfrentamento do Suicídio, que é composto por representantes de diversos segmentos da sociedade, entre eles, membros da Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal da Juventude, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Polícia Militar, Igreja Católica e Igreja Batista.

Desde 2010, o CAPS faz o monitoramento de casos de suicídio, de tentativas e ideação suicida, e realiza visitas domiciliares para combater o fenômeno em Oeiras. As ações de prevenção e enfrentamento do suicídio são desenvolvidas dentro da rotina dos serviços prestados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Fonte: Ascom