Cidadeverde.com

Estudantes de Oeiras são premiados com tablets e notebooks

A quarta-feira, 28, foi de comemoração e reconhecimento na Escola Municipal Juarez Tapety, em Oeiras. O prefeito José Raimundo e secretária municipal de Educação, Tiana Tapety, premiaram, com tablets e notebooks, os alunos da rede municipal que obtiveram destaque na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP). Eles ganharam 07 medalhas – de ouro, prata e bronze – e 11 títulos de menção honrosa na competição nacional, que contou com a participação de mais de 18 milhões de estudantes.

Zé Raimundo diz que, colocando a Educação em primeiro lugar, o município de Oeiras está construindo uma Educação de primeira. “Nossa luta é para oferecer aos alunos da rede municipal a melhor educação, pensando no futuro de cada um. Oferecemos um ensino equânime, com a mesma qualidade nas escolas da zona urbana e zona rural. Pelos resultados alcançados, está valendo a pena. Não tem fórmula, não tem receita, é comprometimento e investimento no lugar certo, para que a educação aconteça”, destaca o prefeito.

Na oportunidade, o prefeito entregou, ao lado da escritora Roseana Murray – grande homenageada da Feira Literária de Oeiras (FLOR) deste ano – uma Sala Leitura. O espaço recebe o nome do escritor oeirense, O. G. Rêgo de Carvalho, é dotado de um acervo de livros, cabines individuais e mesas para leitura e estudos. O objetivo, segundo a professora Tiana Tapety, é despertar o prazer da leitura e aguçar o potencial cognitivo e criativo dos alunos.

A entrega dos prêmios e da Sala de Leitura, foi precedida pelas atividades do projeto ‘Café, pão e texto’, iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que promove nas escolas uma interação artística e literária entre os alunos e a escritora homenageada na FLOR. Além disso, desde terça-feira, Roseana Murray interage com os estudantes da rede municipal numa série bate-papos, que também integram a programação da Feira Literária. “Devo dizer que a Educação em Oeiras sem sombra de dúvidas é mais impressionante que já vivenciei”, elogia a escritora.

Fonte: Ascom