Cidadeverde.com

Experiência Educacional de Oeiras é destaque em encontro da SBPC

‘Gestão Educacional: Uma visão prospectiva e propositiva da educação pública em Oeiras’. Foi através dessa temática que a secretária municipal de Educação, Tiana Tapety, expôs a bem sucedida experiência educacional da rede municipal de ensino de Oeiras, durante a Reunião Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada em Sobral (CE), entre 27 e 30 de março.

O evento visa popularizar e valorizar o conhecimento educacional e científico produzido no país e é o ponto de partida de um movimento articulado para fomentar educação pública de qualidade em todo o Brasil. Dentro dessa perspectiva, o município de Oeiras foi convidado a participar e expor os avanços de seu sistema educacional, durante uma mesa redonda que abordava as “Experiências exitosas na Educação Básica”. Do Piauí, apenas as cidades de Oeiras e Cocal dos Alves foram convidadas para participar do encontro.

“Conseguimos mudar a realidade educacional de Oeiras”, destacou a Secretária Municipal de Educação de Oeiras, no início da sua explanação. “Hoje nós temos 100% das nossas crianças, em idade escolar, lendo. Focamos e executamos com muito esforço nosso trabalho pautado naquilo que é mais sagrado, a aprendizagem”, frisou.

Tiana Tapety explicou que a evolução do sistema educacional em Oeiras se deu a partir dos eixos: aprendizagem, qualidade, permanência, tempo escola e ações. “Nossa educação sempre esteve preocupada se o que está sendo ensinado, realmente está sendo aprendido. Temos a preocupação do que está sendo trabalhado e fomentado em sala de aula para os alunos. Possuímos um monitoramento junto as famílias para garantir a sua frequência e permanência no ambiente escolar. Trabalhamos muito em cima do eixo Tempo em Escola. Focamos nos trabalhos para que o aluno tenha 100% de aproveitamento quando estiver em sala de aula, ou fora dela, no ambiente escolar. Por fim, temos as ações executadas pela nossa equipe que são pautadas em planejamento, investimento financeiro, formação, projeto pedagógico e monitoramento”, pontuou.

A secretária finalizou sua exposição evidenciando a educação como um meio de garantir o desenvolvimento de Oeiras. “Precisamos colocar essa esperança na educação. Essa experiência no ensino dos nossos alunos pode ser representada em uma palavra: Responsabilidade Politica. O nosso desenvolvimento, o nosso crescimento, se deve a essa responsabilidade”, argumentou.

Troca de experiências

Para Tiana, o encontro foi uma oportunidade para intercâmbio e troca de experiências com escritores e educadores renomados, como Mario Sérgio Cortella, Jamil Cury, Daniel Cara; o secretário de Educação de Sobral, Heberth Lima, coordenador da SBPC no Ceará; e com o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ildeu de Castro Moreira, presidente nacional da SBPC.

Segundo a secretária, a interação proporciona uma maior visão das práticas pedagógicas adotadas nas outras regiões do país, possibilitando mais visão e entendimento para melhorar ainda mais o ensino em Oeiras.

 Fonte: ascom