Cidadeverde.com

Alunos das escolas municipais de Oeiras participam da OBA e MOBFOG

Os alunos das escolas da Rede Municipal de Ensino de Oeiras participaram da prova da 22ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Aplicada na sexta-feira, 17, a avaliação consiste em uma única fase, com dez questões, realizada simultaneamente em todas as escolas participantes. 

Organizada pela Sociedade Astronômica Brasileira e por Engenheiros da Agência Espacial Brasileira, a prova tem por objetivo principal difundir o conhecimento astronômico pela sociedade brasileira, fomentar o interesse dos jovens pela astronomia e astronáutica. “A participação das nossas crianças na olimpíada, nos permite difundir conhecimento cientifico para alunos e professores, fortalecendo ainda mais a Educação do município”, comenta a professora Tiana Tapety, secretária municipal de Educação. 

Como forma de valorizar ainda mais a Ciência e a Tecnologia, os alunos da rede municipal também participaram da 13ª Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG). Desde 2015, as escolas da rede municipal participam da Mostra. Ela é uma olimpíada inteiramente experimental, pois consiste em construir e lançar, obliquamente, foguetes, a partir de uma base de lançamento, o mais distante possível. Foguetes e bases de lançamentos devem ser construídos por alunos individualmente ou em equipes de até três componentes. 

A preparação é realizada nas aulas de ciências, com oficinas e lançamentos de foguetes. Ao final do projeto, todos os alunos recebem um certificado de participação, bem como os professores envolvidos no processo e também os diretores escolares.

Oeiras tem mais de 900 medalhas na OBA

Em quatro anos de participação, as escolas da rede municipal de Oeiras já conquistaram mais de 900 medalhas na Olimpíada – foram 938, ao todo. Somente em 2018, os alunos de escolas municipais obtiveram 373 medalhas – 08 deles ficaram entre os melhores do país e foram selecionados para a etapa internacional da Olimpíada.