Cidadeverde.com

Mulher tem casa incendiada em Pedro II e ex-marido é o principal suspeito

Uma mulher teve a casa incendiada na madrugada dessa quinta-feira (3) no município de Pedro II, a 205 km de Teresina e o principal suspeito é o ex-marido dela por não aceitar o fim do relacionamento.

A vítima afirmou ao Jornal do Piauí que teve um relacionamento de seis anos com um homem, e que há três meses eles se separaram. Ela disse que desde então tem recebido ameaças de morte. O suspeito teria até mesmo afirmado que iria matar ela com veneno de rato, se eles não reatassem.

Diante das ameaças, a mulher que mora com três filhos de outro relacionamento, começou a dormir na casa da mãe. Na madrugada de hoje ela foi surpreendida com a informação que a casa dela tinha sido incendiada na Avenida Pedron Ivo, bairro Santa Fé.

O fogo atingiu dois quartos, mas acabou sendo contido pelos moradores da região. A mulher acredita que a ação foi realizada pelo seu ex-marido.

“Aconteceu que eu me separei de um ex-companheiro, já faz três meses, e ele ia lá em casa me perturbando, querendo voltar, e começou a se vingar. Por volta de meia noite e meia, ninguém viu porque ele foi lá na calada da noite, mas ele arrebentou a porta da cozinha, a casa queimou e fiquei sem nada, queimou duas camas, colchão, guarda roupa, uma bicicleta da minha menina de sete anos, roupas”, lamentou a mulher.

A vítima prestou um boletim de ocorrência na manhã desta quinta-feira e o caso será investigado pela Delegacia da Polícia Civil em Pedro II. Apesar do ex-companheiro ser o principal suspeito, uma investigação será realizada para apontar o autor do incêndio.

A mulher também solicitou medidas protetivas contra o ex-companheiro.

 

Bárbara Rodrigues e Ney Silva

[email protected]