Cidadeverde.com

Cearenses são presos por estelionato e importunação sexual contra adolescente grávida no Piauí

Dois homens, naturais do Ceará, de identidades não reveladas, foram presos na quarta-feira (6) no município de Pedro II, distante 206 km de Teresina, pelo crime de estelionato,onde são suspeitos de aplicarem golpes no interior do Piauí, e por importunação sexual contra uma adolescente grávida.

De acordo com o delegado André Moreno, titular da delegacia de Pedro II, inicialmente os dois homens, de 36 e 42 anos, foram presos pela Polícia Militar.

“As prisões ocorreram pelo cometimento do crime de estelionato e condução de veículo automotor sem habilitação. A princípio a PM de Milton Brandão e Pedro II trouxeram os autuados para cá, seguimos a investigação, porque havia a notícia de que haviam sido cometidos outros crimes e chegamos a descobrir pelo menos o cometimento de mais um delito”, explicou o delegado André Moreno.

Segundo o delegado, a investigação apontou que os suspeitos se passavam por fiscais, se aproveitando do pouco conhecimento das vítimas, e exigindo dinheiro para que não fosse necessário aplicar uma multa.

Foto: Divulgação/PC-PI

Usando esse método, eles abordaram na quarta-feira uma família na zona Rural, alegando que eram fiscais, e que estavam observando se estava sendo cumprida a vacinação do rebanho. Quando cobraram um pagamento da família, ameaçaram as vítimas e disseram que levariam do local uma adolescente grávida, de idade não revelada. A jovem ainda teria sido acariciada pelos suspeitos.

“Foi um caso que aconteceu na mesma noite. Em uma localidade entre Pedro II e Milton Brandão, mas ocorreu uma extorsão, onde os autuados estavam fingindo que eram ligados a um tipo de órgão de controle de vacinação do gado, era um jeito de chantagear a vítima. E falaram que se não dessem um dinheiro, seriam multados. Depois disso, vendo que tinha uma adolescente no local, começaram a passar a mão na barriga [de grávida] da adolescente, chegaram mexer no seio dela e ameaçaram levar ela embora, por isso se enquadrou em crime de extorsão, porque teve grave ameaça de levar adolescente”, explicou o delegado.

A Polícia Militar foi acionada e logo depois os suspeitos foram localizados e presos. As vítimas ainda reconheceram eles como os autores do crime.

De acordo com o delegado André Moreno, os suspeitos já são investigados no Piauí e até mesmo no Ceará, pelo mesmo tipo de crime relacionado ao estelionato.

“Aparentemente eles estão respondendo pelo menos modus operandi do estelionato em Buriti dos Lopes e também há indícios de outros crimes cometidos no interior do Piauí e no Ceará também. Ainda estamos fechando a investigação, temos o prazo de dez dias para concluir o inquérito e entregar na mão do juiz e do Ministério Público”, explicou.

 

Bárbara Rodrigues
[email protected]