Cidadeverde.com

Guarda é flagrado furando pneus de carro de motorista e é exonerado

O guarda municipal da cidade de Pedro II (195 km de Teresina), Aldemir Barbosa, foi exonerado de sua função ainda no último sábado (13), por ter furado os pneus do carro de um morador do município. O ato foi flagrado em vídeo. Aldemir e o comandante da Guarda, Alan Arrais Sampaio, declaram que o ato foi um caso isolado. O rapaz teria tido um desentendimento pessoal com o proprietário do veículo. 

Em seu perfil pessoal no Facebook, Aldemir declarou que a situação estava tensa na cidade após a destruição da delegacia devido ao caso de estupro de um bebê. 

Na noite do aniversário de Pedro II, na sexta-feira (12), ele afirmou que ao chegar no local do evento os guardas e policiais começaram a ser vaiados e duas pessoas foram detidas pela PM com ajuda dos guardas e uma confusão teve início.  

"Com isso gerou revolta de amigos desses meliantes no qual um deles é dono do carro que eu furei os pneus, o mesmo começou a me ofender com palavras de baixo calão , e pra não agredir o mesmo acabei deixando a raiva tomar conta de mim e fiz esse ato com o carro desse rapaz, sou humano. Quem de vocês nunca errou?", questionou. 

Nas imagens gravadas por uma câmera de segurança e publicadas pelo site Piripiri Repórter, é possível ver o guarda se aproximando do pneu traseiro direito do carro, desferindo um golpe de faca e depois fazendo o mesmo no pneu dianteiro. 

O comandante da guarda, Alan, divulgou nota de esclarecimento e ao Cidadeverde.com destacou que Aldemir nunca havia tido qualquer problema no trabalho, era um excelente profissional, mas que devido à gravidade do fato ele precisou ser exonerado do cargo. 

"Ele foi exonerado, já não faz mais parte da equipe. Mas é importante dizer que foi um caso isolado, de caráter pessoal, que não tem nada a ver com questões políticas, foi algo entre o guarda e o proprietário do carro. Lamentamos muito, porque aquilo não define o caráter dos guardas, mas infelizmente ele estava fardado, em serviço", explicou.

Veja nota divulgada pela Guarda:

Com a finalidade de esclarecer o episódio recente que deu origem a procedimento policial e administrativo, durante a madrugada do dia 12 de Agosto, em que esteve envolvido um de nossos agentes, o comando da Guarda Civil Municipal de Pedro II vem a público informar:

Que após tomar ciência do ocorrido, imediatamente o comando da GCM, em concordância com o ordenamento jurídico vigente, e com os valores éticos e morais da nossa instituição, afastou de imediato das atividades do cargo ocupado pelo agente envolvido no lamentável episodio.

Entendemos que algumas versões já exploradas de forma inoportuna nas redes sociais e outros canais midiáticos, conduzem a opinião publica para o entendimento que pode ou não corresponder à verdade sobre os fatos e seus envolvidos.

A Guarda Civil Municipal de Pedro II, lamenta o episódio e informa que se trata de um fato isolado, não maculando a conduta e procedimentos da GCM, e por isso, todos os procedimentos cabíveis já foram tomados para apuração dos fatos e caso necessário aplicação das sanções cabíveis ao agente envolvido.

Allan Jonhson Arrais Sampaio
Comandante da Guarda Civil Municipal de Pedro II

Alan explicou ainda que o rapaz irá responder criminal e administrativamente. Junto à polícia, ele responderá pelo crime de danos materiais. 

 

Maria Romero
redacao@cidadeverde.com