Cidadeverde.com

Chefe de cozinha é esfaqueado em Piripiri e amigos denunciam homofobia

Amigos do chefe de cozinha Armando Nunes estão denunciando que o homem foi vítima de um crime de homofobia na madrugada de ontem (15), em Piripiri (157 km de Teresina). Segundo a polícia militar da cidade, um adolescente com quem o homem se relacionava o agrediu com dois golpes de faca e chegou a levar uma quantia sua em dinheiro. 

Segundo o comandante da polícia militar da cidade, major Erisvaldo Viana, o chefe de cozinha era homossexual e tinha um relacionamento com o jovem suspeito. 

"Eles discutiram, não sabemos ao certo o que houve, não sabemos se foi um crime de homofobia exatamente, mas o rapaz deu duas facadas nele, uma no braço e outra no pescoço", declarou. 

O major completou e disse que Armando está bem, não corre risco de morrer e que foi atendido e continua internado no hospital regional da cidade. 

Amigos de Armando comentaram o caso nas redes sociais. Bernadete Pessoa publicou: "Lamentável o que aconteceu. (...) Caso de homofobia, precisamos de justiça e atuação da polícia de nossa cidade. Meu repúdio pelo acontecido". 

A polícia ainda deverá apurar o motivo pelo qual os dois se desentenderam, buscando confirmar a denúncia de homofobia. 

 

Maria Romero
redacao@cidadeverde.com