Cidadeverde.com

Polícia investiga se dançarina de strip foi abusada em show

Delegado Jorge Terceiro/foto: portal Sem Fronteiras

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar se uma  dançarina de strip-tease foi abusada durante show em um bar na cidade de Piripiri ( a 157 km de Teresina). 

O inquérito é com base em imagens que circulam na rede social WhatApp e mostra uma mulher nua sendo molestada por vários homens. Os frequentadores do bar chegam a mexer nas partes íntimas da moça e a bater em  suas nádegas. 

O delegado regional de Piripiri, Jorge Terceiro, informou ao Cidadeverde.com que cinco pessoas foram identificadas e serão chamadas para prestar depoimentos.

Ele esclarece que dependendo da investigação, os envolvidos poderão responder por crime de estupro de vulnerável. 

"Mesmo ela sendo maior de idade, se for confirmada que estava alcoolizada pode caracterizar crime de estupro de vulnerável. Ainda vamos verificar todas as possibilidades", informou o delegado.

Jorge Terceiro disse ainda que a proprietária do bar, que fica no bairro Caixa D´Água já prestou depoimento e garantiu que a strip é maior de idade. Ela disse a Polícia que contratou a moça para um show que a entrada era R$ 5,00 e foi divulgado na rede social. Ela arrecadou R$ 350,00 e compareceu cerca de 70 pessoas.

"A proprietária revelou a identificação da dançarina e nos deu seu telefone e iremos chamá-la para prestar depoimento. Dependendo do que ela falar iremos caracterizar o crime. Saber também se ela é maior ou menor". 

 

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com