Cidadeverde.com

Cadela queimada com óleo quente é encontrada agonizando

 Foto: Divulgação/ PC-PI

Uma cadela foi encontrada com um ferimento em grande parte das costas na cidade de Piripiri, a 166 km de Teresina, e a suspeita é que o animal tenha sido queimado com óleo quente. No final da tarde desta quinta-feira (20), a cadela foi encontrada agonizando por membros da uma associação de defesa de animais, que fizeram uma denúncia à delegacia da cidade. 

A polícia civil informou que foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por maus-tratos e que o caso está sendo investigado. Segundo o delegado Jorge Terceiro, titular da Delegacia de Piripiri, as informações preliminares levam a crer que a responsável pelo crime é uma pessoa que reside na vizinhança onde a cachorra vive. 

“Eles compareceram aqui no complexo de delegacias trazendo o animal, trouxeram até no bagageiro de um carro, dentro de uma caixa. Eu vi o animal pessoalmente, ele apresentava uma lesão horrível nas costas e eles informaram que foi óleo quente que jogaram no animal”, informou o delegado Jorge Terceiro.

“O animal foi enviado a um veterinário para fazer os cuidados necessários e emitir um laudo pra gente e foi expedido uma intimação para a dona do animal comparecer. Ela vai à delegacia acho que amanhã de manhã. Segundo informações dos populares, não foi a dona a responsável, foi outra pessoa que residiria nas vizinhanças da casa onde o animal vivia com a dona”, acrescentou o delegado.

Ainda de acordo com Jorge Terceiro, até a próxima semana, o procedimento estará concluído e será enviado ao juizado especial da cidade, onde a responsável irá responder por crime ambiental de maus-tratos.   

“A cadela foi encaminhada para receber tratamento com um médico veterinário, que deve expedir um laudo para informar o tamanho da lesão. O certo é que o animal sofreu bastante, porque teve o couro cabeludo arrancado e quem fez isso deve responder”, afirmou.

Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com