Cidadeverde.com

Antônio José Lira disputará prefeitura de Teresina

Empolgado com os pouco mais de 30 mil votos obtidos em Teresina como candidato a senador, Antônio José Lira já anunciou seu próximo desafio eleitoral: candidatura ao Palácio da Cidade. Mas antes de começar a executar o projeto, Antônio José Lira precisa mudar de partido ou assumir o comando do PSL na capital. Na conjuntura de hoje, é zero a chance do ex-vereador emplacar candidatura de prefeito em Teresina no partido de Bolsonaro , mesmo faltando ainda dois anos para a eleição. 

PCdoB avalia futuro da sigla

O partido não atingiu o desempenho eleitoral determinado pela cláusula de barreira. Mas o presidente estadual, Osmar Júnior, afirma que ainda não há definição de rumos para a sobrevivência política dos comunistas.   “Estamos discutindo com outras legendas que não alcançaram o índice da cláusula. Ainda não temos conclusão”, informou o ex-deputado federal Osmar Júnior. 

 

Magno Malta acertou adesão de Elmano a Bolsonaro

Foi o senador Magno Malta (PR-ES) o responsável pelo encontro que concretizou a adesão do senador Elmano Férrer ao candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL). Esse seria o caminho natural de Elmano no segundo turno do pleito presidencial, mas faltava a oficialização. Malta é um dos coordenadores da campanha de Bolsonaro e amigo pessoal de Elmano Férrer.

Zé Santana defende candidatura única na Alepi

Para o deputado estado reeleito Zé Santana (MDB) o melhor caminho para o bloco governista é apresentar chapa única na eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa, em fevereiro de 2019. O parlamentar também informa que o MDB está unido na defesa da reeleição do presidente Themístocles Filho. 

Dr. Pessoa descarta deixar Solidariedade

O deputado estadual ficará sem mandato a partir de fevereiro de 2019, mas não cogita desfiliação do Solidariedade. Dr. Pessoa afirma que sua campanha de candidato a governador não teve o apoio que esperava do partido. Mesmo assim, afirma que não planeja trocar de sigla. Quando deixar o parlamento a ideia é seguir no exercício da medicina e na política, mesmo fora de mandato eletivo.

PSL atrai lideranças políticas

O partido do presidenciável Jair Bolsonaro pode ser o destino para muitas lideranças políticas que atuam no Piauí. Deputados, vereadores e prefeitos estão de olho na sigla e podem confirmar filiações após o segundo turno da eleição presidencial. Porém, mais que simples filiações, as adesões também devem influenciar a composição do diretório estadual do PSL. Já tem político de olho no lugar atualmente ocupado por Fábio Sérvio, presidente estadual do PSL e muito ligado a Bolsonaro.

O perde-ganha petebista

Em 2014 o PTB superou expectativas na eleição piauiense: elegeu um senador, dois deputados federais e cinco estaduais. Este ano a sigla encolheu. Não reelegeu o deputado federal Paes Landim e só conquistou duas cadeiras na Assembleia Legislativa. Porém, a deputada Janaínna Marques saiu do pleito fortalecida. A votação cresceu de 31.820 sufrágios em 2014   para 41.653 este ano.
A deputada ganhou bem em Luzilandia, com maioria de 4 mil votos sobre o candidato apoiado pelo prefeito, que é adversário político. Janaína Marques obteve votação expressiva na região dos Cocais.
 

Progressistas tem três opções para presidência da Alepi

Com cinco deputados estaduais eleitos este ano, o Progressistas aposta em acordo para emplacar um parlamentar da sigla na presidência da Assembleia Legislativa. O partidos oferece três nomes: Wilson Brandão, Hélio Isaias e Júlio Arcoverde. que além de deputado estadual preside o diretório do Progressistas no Piauí. O deputado Hélio Isaias já avisou que é candidatíssimo a sucessor de Themístocles Filho na presidência do poder legislativo. A eleição será no dia primeiro de fevereiro de 2019. O atual presidente já trabalha a reeleição.

Marllos Sampaio disputará prefeitura de Valença

O ex-deputado federal emedebista participou da campanha eleitoral em duas frentes: apoiando os deputados eleitos Flávio Nogueira (PDT) e Themístocles Filho (MDB), além do senador Marcelo Castro (MDB) e construindo seu palanque para a eleição municipal de 2020 em Valença do Piauí. Marllos, que é delegado no município e casado com líder política local, já se considera líder da oposição valenciana. ,Em 2016, o ex-deputado foi candidato a prefeito de Esperantina, norte do estado e berço da família Sampaio, sendo derrotado pela prefeita Vilma Alves (PT). 

Empresários trocarão PTB pelo Novo

Lideranças empresariais que se filiaram ao PTB no ano passado imaginando que a sigla faria oposição ao governo do Estado finalmente jogaram a toalha e desistiram. Não da política, mas do PTB. Segundo o empresário Artur Feitosa, o movimento empresarial migrará para o Novo, partido liderado nacionalmente por João Amoedo, que disputou a presidência da República com surpreendente desempenho eleitoral. Os empresários assinarão ficha filiação ao Novo de olho no pleito municipal de 2010 em Teresina. Artur Feitosa promete lista ampla de lideranças empresariais acertando o passo com a nova legenda partidária.

Posts anteriores