Cidadeverde.com

PSC filia vice-prefeito de Parnaíba

O vice-prefeito de Parnaíba, Marcos Samarone, trocou mesmo de sigla partidária. Durante encontro de dirigentes estaduais do PSC, Samarone, agora ex-Solidariedade, assinou ficha de filiação ao PSC, devidamente abonada pelo presidente da legenda no Piauí, Tiago Vasconcelos. O PSC iniciou planejamento de estratégia para as eleições do próximo ano. O vice-prefeito de Parnaíba disputará mandato de deputado estadual. Em Parnaíba, apesar do estremecimento da relação política de Samarone com o prefeito Mão Santa (Solidariedade), o PSC participa  da gestão municipal. O secretério geral do partido em Parnaíba, Eliaquim Nunes é subsecretário de Educação do município. Na foto, Marcos Samarone assina a ficha de filiação ao lado do presidente estadual do PSC, Tiago Vasconcelos.

Jeová Alencar no bosque da floresta fóssil

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, Jeová Alencar (PSDB), participou nesta sexta-feira (23), da inauguração do Bosque dos Vereadores, no Parque Floresta Fóssil ,promovido Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos(Semam). A ação  teve o objetivo de incentivar a preservação do meio ambiente na área  que integra o Parque.

Para  Jeová Alencar, esse  pequeno gesto  pode servir de exemplo para que outras pessoas se mobilizem. “ Essa foi uma excelente iniciativa da Semam, e nós cidadãos temos que fazer a nossa parte e contribuir com o nosso meio ambiente”, destaca.

Durante a ação, 29 vereadores e ex- parlamentares da capital plantaram mudas de Ipê, totalizando a inserção de 70 mudas de árvores.

Tupamaro e Boca Preta do mesmo lado

Ferrenhos e históricos adversários na política de Oeiras, os Tupamaros e Bocas Pretas conviverão na mesma bancada, do mesmo lado, no bloco aliado ao governador Wellington na Assembleia Legislativa. Na próxima semana, o suplente Bessah Araújo Sá (PP) assume mandato no parlamento estadual, onde já está o peemedebista e tupamaro Mauro Tapety, que promete até saudação verbal ao novo companheiro de bancada.

Parceria em Batalha

O prefeito João Messias (PP) inaugurou obras de pavimentação de ruas em Batalha com apoio de parlamentares do PP no Congresso Nacional. O senador Ciro Nogueira e a deputada federal Iracema Portella, que influenciaram na liberação de recursos,   destacaram a importância dos investimentos para o município.

Primeiro teste da caravana PT/PMDB

O governador Wellington Dias e os aliados do PMDB seguem, em caravana, rumo ao município de Batalha, norte do Piauí, nesta quinta-feira, 22.  Darão ordem de serviço para o início das obras de asfaltamento da BR 222, entre Batalha e Piripiri. No aspecto político, será o primeiro ensaio público de uma possível chapa para disputar o governo do Estado no próximo ano. O governador Wellington Dias e o presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho, comandam a caravana sonhada pelo segmento governista do PMDB, que trabalha para emplacar candidatura de vice na chapa majoritária da situação.

Convênio beneficia esporte em São José do Peixe

O prefeito Valdemar Santos (PMDB) firmou convênio com o ministério dos Esportes para construção de um estádio de futebol no muncípio de São José do Peixe. Os recursos serão repassados através da Caixa Econômica Federal.  Para executar a obra, a prefeitura receberá cerca de R$ 500 mil. "O convênio resultará num arrojado projeto de incentivo ao esporte em nosso município", afirma o gestor.

Elmano e Regina divergem na reforma trabalhista

Dos três senadores  piauienses, dois integram a Comissão de Assuntos Sociais: Regina Sousa (PT) e Elmano Férrer (PMDB). Na equilibrada disputa que derrotou o relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB) que trata da reforma trabalhista, Elmano Férrer votou pela aprovação e Regina Sousa foi contra. O projeto agora segue para a Comissão de Constituição e Justiça e depois será votado no plenário.

João Henrique e Mão Santa conversam em Brasília

O ex-ministro e presidente do Conselho Nacional do Sesi (Serviço Social da Indústria), João Henrique Sousa, recebeu, nesta terça-feira, 20, em Brasília, o prefeito de Parnaíba, Mão Santa. Trataram de assuntos políticos e parcerias administrativas em Parnaíba.  João Henrique e Mão Santa foram aliados e vitoriosos nas campanhas majoritárias e proporcionais de 1994 e 1998. Os dois no PMDB. Mão Santa foi eleito governador e João Henrique deputado federal. Adalgisa Moraes Sousa, primeira-dama de Parnaíba, acompanhou Mão Santa na visita ao presidente nacional do Sesi.

Vereadores defendem Procon Municipal em Teresina

Os vereadores Venâncio Cardoso (PP), Gustavo Gaioso (PTC) e Samuel Enzo (PCdoB) foram protagonistas de audiência pública realizada nesta terça-feira, 20, e que defendeu a implantação, na capital, do órgão  municipal de defesa do consumidor, o Procon de Teresina. "O projeto trará aos consumidores teresinenses mais um canal de defesa de seus direitos", afirma Gustavo Gaioso.

Em nota, Ministério Público do Piauí rechaça grampo ilegal

O Ministério Público do Éstado do Piauí, através de nota publicada no portal da instituição, combate qualquer forma de produção de provas feita de modo ilegal. A nota também faz referência a possíveis grampos telefônicos sofridos por deputados estaduais. 

"O Ministério Público do Estado do Piauí, instituição comprometida com os interesses coletivos e o cumprimento das leis  e da Constituição, diante de matéria  publicada no site oficial da Assembleia Legislativa no início da tarde desta terça-feira, 20 de junho de 2017, que noticia "grampos" na Alepi, vem a público prestar os seguintes esclarecimentos.

 

O Ministério Público é, por excelência, a instituição defensora dos direitos individuais indisponíveis, muitos dos quais elencados no célebre Artigo 5? da Constituição Federal. É esse mesmo artigo que, no intuito de garantir o direito à vida privada, determina ser “inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de dados e das comunicações telefônicas, salvo, no último caso, por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução processual penal”.

 

A Lei n? 9.296/1996, que regulamenta a utilização do recurso de interceptação telefônica, estabelece que esta poderá ser determinada pelo juiz, por sua própria iniciativa, se houver indícios que a justifiquem, ou a requerimento de autoridade policial e de membros do Ministério Público. Está claro que a interceptação constitui-se, portanto, como ferramenta excepcional, resguardada pelo devido processo legal.

 

Assim, o Ministério Público do Estado do Piauí, dado a obediência  que guarda pela ordem constitucional e pelos princípios por ela consolidados, rechaça qualquer prática ilegal para produção de provas e reafirma seu compromisso de atuar em estrita observância às leis e aos princípios que regem a República, velando pelo respeito a todos os Poderes Públicos e Instituições."

 

 

Posts anteriores