Cidadeverde.com

Luis André e Firmino reprovam adesão do PSL ao Podemos

O presidente estadual do PSL, Sérgio Bandeira, terá dificuldades para conquistar lideranças da sigla e aliados para a estratégia de adesão ao Podemos. O vereador Luis André descarta troca de partido e promete seguir filiado ao PSL teresinense. Já o prefeito Firmino Filho, que segundo Sérgio Bandeira também será consultado, prefere deixar os aliados do PSL à vontade, mas estranha a mudança. Se for ouvido, Firmino reprovará a estratégia proposta ao presidente estadual do PSL. No flagrante, Firmino, Luis André e o secretário de Comunicação, Fernando Said, comentam informalmente o assunto.

Prefeitura da capital investe em unidades básicas de saúde

Nesta sexta-feira, 21, o prefeito Firmino Filho visitou obras em andamento e sob a responsabilidade do município  na zona norte de Teresina. Destaques para ampliação do Lagoas do Norte, mercado do peixe no Poti Velho, pavimentação de ruas e avenidas, creches e unidades básicas de saúde. Firmino Filho chama atenção para investimentos na assistência  básica à saúde do teresinense. Estão em fase adiantada de construção 34 UBS's (Unidades Básicas de Saúde) - oito devem ser inauguradas em agosto, na programação de aniversário de Teresina. A capital contará em breve com perto de 100 UBS,s em pleno funcionamento e com boa abrangência  de cobertura, suporte indispensável ao programa saúde da família.  A atenção básica é coordenada pela Fundação Municipal de Saúde.

PSL pode aderir ao Podemos

A sigla dirigida pelo deputado federal Silas Freire começa a executar projeto de crescimento no Estado. E as investidas foram iniciadas em Teresina. O Podemos avança entendimentos para filiar vereadores e dirigentes do PSL. A proposta foi bem recebida por Sérgio Bandeira, presidente estadual do PSL, que promete defender a adesão nos debates internos e conversar sobre o assunto com o prefeito Firmino Filho. É que o PSL, que elegeu dois vereadores em 2016, integra a base aliada ao prefeito e ainda participa do primeiro escalão da prefeitura.  A possível migração do PSL para o Podemos faz parte de estratégia para as eleições proporcionais de 2018.

ExpoCorrente movimenta sul do Piauí

 

Uma enorme cavalgada invadiu as ruas e avenidas de Corrente, extremo sul do Piauí, durante a tradicional exposição agropecuária do município. O evento é destaque no agronegócio da região. O prefeito Gladson Murilo (PP) e o deputado estadual João Mádison (PMDB), presidente da APCZ (Associação Piauíense de Criadores de Zebu), comandam o organização da ExpoCorrente e participaram da tradicional cavalgada na abertura da principal mostra da pecuária na região.

João Henrique em busca de casos de sucesso no PMDB

O presidente nacional do Sesi (Serviço Social da Indústria), João Henrique Sousa, participou, em Porto Alegre, da posse do empresário Gilberto Petry na presidência da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul. João Henrique, que é pré-candidato a governador, aproveitou a viagem para uma conversa com o governador Ivo Sartory (PMDB), que desbancou o petista Tasso Genro na eleição gaúcha de 2014. Foi um encontro oportuno, pois o ex-ministro tentou duas vezes emplacar candidatura majoritária pelo PMDB piauiense e não conseguiu. E mais: se confirmar candidatura em 2018, enfrentará um petista buscando a reeleição, cenário semelhante ao que envolveu ivo Sartory em 2014 no Rio Grande do Sul.

Messias Júnior defende realinhamento ideológico no PSB

Membro do diretório nacional do PSB, o piauiense Messias Júnior quer os deputados federais dissidentes fora da sigla.  "Quem não estiver satisfeito ou permaneça incomodado com a posição do partido em declarar oposição ao governo Temer, que siga outro caminho", afirma.  Messias Júnior diz ainda que o PSB completará em agosto 70 anos de fundação não trocar seus princípios por projetos pessoais e excludentes.

Partidos disputam filiação de Jeová Alencar

O tucano já foi assediado por três legendas com propostas de candidaturas à Assembleia Legislativa e até para  a Câmara Federal. Mas Jeová Alencar não esboça interesse em deixar o PSDB. "Minha prioridade é cumprir nosso mandato de vereador e presidente da Câmara Municipal; candidatura em 2018 não está em nossa agenda política", esclarece Jeová Alencar, satisfeito com o ambiente de harmonia no parlamento da capital, condição de favorece a base aliada ao prefeito Firmino Filho.

Paulinho da Força quer Zé Filho no Solidariedade

O deputado federal e presidente nacional do Solidariedade já fez convite formal para o ex-governador Zé Filho aderir à sigla.  A estratégia do partido é eleger um deputado federal no Piauí e o ex-governador anima o partido na missão de ampliar sua bancada em Brasília. O Solidariedade é a mesma legenda  do prefeito de Parnaíba, Mão Santa, tio e aliado político de Zé Filho.  Mas o ex-governador só pretende decidir seu futuro partidário em 2018, ano da disputa eleitoral.

Celso Henrique desconhece assédio do PPS a Zé Filho

O presidente estadual do PPS informou à coluna que  desconhece investidas da direção nacional para nova filiação do ex-governador Zé Filho. "Não temos nada contra o ex-governador, mas não fomos informados de novo convite", explica Celso Henrique, que prioriza fortalecimento da legenda no interior do Estado. Recentemente o PPS realizou congresso em Picos (foto) e atua para formar aliança proporcional com pequenos e médios partidos. A meta, segundo Celso Henrique, é eleger deputados estaduais e brigar por uma vaga na Câmara Federal.

PSB retoma encontros regionais

A série de eventos políticos realizados pelo PSB piauiense será retomada no dia 4 de agosto, em Bom Jesus, sul do Estado. O seminário Piauí em debate reúne filiados, dirigentes e aliados da sigla. Também mobiliza o PSB para as disputas eleitorais de 2018. O presidente estadual, Wilson Martins, é pré-candidato ao senado e trabalha para consolidar uma chapa de oposição competitiva.

Posts anteriores