Cidadeverde.com

PP quer direção do Detran

O partido já manifestou ao governador eleito o desejo de ocupar a diretoria geral do Detran. Nomes para dirigir o órgãos foram encaminhados a Wellington Dias. O problema é que PT e PTB também estão com o mesmo propósito.

Fábio Xavier na secretaria das Cidades



É provável que o governador eleito anuncie mais uma leva de secretários nesta quarta-feira,17, antes da cerimônia de diplomação. Ainda há muita especulação sobre nomes que estarão na equipe administrativa do futuro governo. O PR pode emplacar o futuro secretário das Cidades. O deputado estadual eleito Fábio Xavier é o mais cotado. Além do peso político, a possível nomeação de Fábio Xavier acomodaria um suplente da aliança governista na Assembleia Legislativa.

Rosário quer mulheres na direção da Câmara

A vereadora Rosário Bezerra (PT) apresentou projeto de Resolução que estabelece aumento no número de mulheres na composição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Teresina.

 

A proposta fixa o índice mínimo de 30% na participação de cada gênero na Mesa Diretora. Atualmente, dos nove parlamentares que compõem a Mesa, duas são mulheres (22%).

 

“Trago este projeto para a CMT a fim de que a mulher possa participar cada vez mais ativamente das decisões do Poder Legislativo da nossa capital”, afirma a vereadora.

Oposição vence em Anisio de Abreu

O vereador Virgílio Campos (PMDB) foi eleito presidente da Câmara Municipal de Anísio de Abreu, município localizado na região de São Raimundo Nonato, derrotando a bancada aliada ao prefeito Isac Carvalho (PDT). O fato é considerado histórico no município. A tradição é o prefeito nunca perder a disputa pelo comando do parlamento.

Prefeito derrotado na Câmara



Na eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal, o prefeito de Bom Jesus, no sul do Piauí, Marcos Elvas (PSDB) foi derrotado pela oposição. Ocorreu uma reaproximação dos grupos políticos liderados pelo vice-prefeito, Benigno Novo (PSB), irmão do deputado estadual Fábio Novo (PT) e pelo ex-prefeito Alcindo Piauilino (PP). O vereador Tertuliano Lustosa (PSB) foi eleito presidente da Câmara. O resultado não deixa de reforçar a oposição para 2016.

Orçamento para Teresina em pauta nesta quarta

A Câmara vota, na sessão desta quarta-feira (17), a proposta de Orçamento para o ano de 2015 da prefeitura de Teresina. Por isso, duas sessões deverão ocorrer no mesmo dia, para limpar a pauta. 

Já na quinta (18), última sessão do ano, o plenário se voltará para a votação na nova Mesa Diretora para o biênio 2015/2017.

Edvaldo Marques se manifesta sobre desistência

O vereador Edvaldo Marques (PSB) se manifestou pela primeira vez, na sessão desta terça (16), acerca de sua desistência da disputa pela presidência da Câmara. 

Edvaldo pediu desculpas aos vereadores que tentavam manter sua candidatura até o fim e justificou que tem um caráter conciliador, por isso decidiu desistir e apoiar um terceiro nome. "Quero pedir desculpas aos que acreditaram no meu nome. Fiz isso porque sou uma pessoa com característica conciliadora", disse,

O parlamentar solicitou que os partidos entrem em acordo com Lobão para que a Mesa Diretora seja montada até amanhã. 

Luiz Lobão é consenso para presidência

O vereador Luiz Lobão (PMDB) retornou à Câmara Municipal nesta terça (16) e ouviu pronunciamento do vereador Dudu do PT e outros parlamentares em torno do seu nome para a presidência da Casa. 

Depois de muitas conversas, o consenso parece ter sido alcançado para efetivar o nome de Lobão na eleição que ocorrerá quinta-feira (18). 

Dudu afirmou que o processo está sendo construído e a Câmara demonstrará "amadurecimento".

Aderivaldo Andrade na Saúde do Estado

O secretário municipal de Saúde de Teresina e presidente da Fundação Hospitalar da capital poderá ser o próximo gestor da Saúde no Estado. O provável anúncio do médico Aderivaldo Andrade para a secretaria será resultado prático de entendimento administrativo entre o governador eleito, Wellington Dias, e o prefeito Firmino Filho. A eventual escolha também preencheria critério essencialmente técnico.

Wellington tem maioria para aprovar orçamento

A emenda do deputado Ismar Marques (PSB), que estabelece novos percentuais de participação dos poderes, Ministério Público e TCE no orçamento do Estado para 2015, caiu como um balde de água fria nos adversários do futuro governo. Será votada nesta terça-feira, 16, em Plenário. Confira a tendência dos votos favoráveis à emenda Ismar Marques:

PT - 05 votos
PTB - 04 
PP - 01
PTC - 01
PSD - 01
PDT - 01
PSB - 02
PSDB - 01
PRB - 01
PMDB - 01
PROS - 01

Esta é apenas uma tendência. Se confirmada, a emenda será aprovada e o orçamento  razoavelmente adequado à expectativa do futuro governo.

Posts anteriores