Cidadeverde.com

Festa do Bode acontece entre os dias 25 e 27 de outubro

O município de Batalha será palco da 12ª Feira do Bode,  que reúne gastronomia, ecoturismo, shows , leilão, artesanato e oportunidade de negócios.  O evento é uma das mais importantes exposições agropecuárias norte do estado  e acontece de 25 a 27 outubro. 

Com o apoio da  Prefeitura, em parceria com o Sebrae e Governo do Estado e patrocínio da Coordenadoria de Comunicação do Estado, a feira tem o objetivo de promover a cadeia produtiva da caprinovinocultura e estimular o turismo local.  Na programação, palestras, seminários e cursos voltados para criadores, empresários e a escolha do rei e Rainha do Bode. 

A noite, o palco receberá grandes atrações, como  Desejo de Menina, Moleca Sem Vergonha, Conde do Forró , Marcos Julião, Bill Coimbra, Casadões do Forró, Gladyson Gaviões.

Socorro do Piauí ganha Base Descentralizada do SAMU

  • S7.jpg Ascom
  • S2.jpg Ascom
  • S1.jpg Ascom
  • S3_(1).jpg Ascom

Na tarde da última sexta (11/10), o município de Socorro do Piauí, ganhou uma Base Descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU 192. O prefeito Zitim Coelho acompanhado da primeira dama Marsônia Almeida, do secretário de Saúde Ticiano Barbosa Coelho e do coordenador municipal do SAMU, Lucas Campelo, inaugurou mais este novo empreendimento na área da saúde. Evento muito bem prestigiado pela população e por várias autoridades da gestão municipal, como os secretários de administração Jair Ferreira, de finanças Edmilson Reis, da agricultura Salomão Júnior, do meio ambiente Gonzaga Ribeiro, da diretora da Unidade Mista de Saúde Madalena da Serra, como também do presidente da Câmara Fredson Rodrigues, do vereador Joel da Serra e da liderança política Washington Coelho.

A nova Base foi construída anexa a Unidade Mista de Saúde “Jesus Mesquita de Moura”, e vai funcionar 24 horas com uma equipe de socorristas de plantão e uma ambulância.

O secretário de saúde Ticiano, emocionado manifestou gratidão a toda equipe que irá compor o SAMU e pediu  empenho a todos, para que a população receba serviços de excelente qualidade.

O prefeito Zitim Coelho, agradeceu a Deus, ao povo socorrense e destacou atuação do senador Ciro Nogueira na luta para implantação deste projeto de  importância para o município. “Ficava bastante angustiado quando passava pelas cidades circunvizinhas e saber que a nossa cidade não tinha SAMU” disse o prefeito durante a solenidade.

O termo de doação n° 0274/2019 que celebram a parceria entre União e Município de Socorro do Piauí, para o funcionamento do SAMU é assinado pelo Ministério da Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde.

Água Branca debate projeto de educação em Brasília

A secretária municipal da Educação de Água Branca, Cleidimar Tavares, que é presidente da Undime no Piauí, contribuiu com os debates e discussões do grupo e falou sobre a implantação do projeto piloto do Sistema Undime de Avaliação do Piauí.  Disse, também, que a Avaliação deve ser um processo contínuo, permanente e sistemático.

 “Os estados e municípios não podem esperar apenas por as avaliações externas do INEP, que ocorrem de dois em dois anos, para verificar como está a aprendizagem dos seus alunos. É necessário que todos os estados possam disponibilizar também aos municípios a Avaliação. Mas essa ação tem altos custos, então um modelo de consórcio seria uma boa alternativa para o otimização dos gastos.  Na seccional Piauí, implantamos um projeto piloto do Sistema Undime de Avaliação do Piauí (SUAPI), com a participação de mais de 80 municípios de pequeno porte e médio porte. Assim eles puderam também avaliar os alunos de sua rede, já que a maioria dos municípios de grande porte têm seus próprios sistemas de Avaliação”, explica.

 Participaram, também, do Encontro Frente de Trabalho, o secretário estadual de Educação, Ellen Gera; o coordenador de Avaliação da SEDUC-PI, Cosme Carvalho; o secretário estadual de Pernambuco, Fred Amâncio, que é o coordenador desse Grupo de trabalho; além de outros representantes da rede estadual, bem como dirigentes municipais de Educação.

No primeiro dia do encontro em Brasília, a proposta foi estudar os sistemas de avaliação e casos de sucesso. Também aconteceu uma discussão sobre diretrizes para avaliações externas. No segundo dia, foram discutidas diretrizes para se alcançar coerência nas avaliações, além da utilização das avaliações no contexto da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a construção de consórcios.

redacao@cidadeverde.com

Estação Meteorológica é inaugurada em São João do Piauí

Foi inaugurado, na noite desta quarta-feira (9), a nova sede da Estação Meteorológica de São João do Piauí, localizada dentro das instalações do Instituto Federal do Piauí (IFPI).O centro, fundado em 1975, fornece dados aos agricultores do município e viabiliza pesquisas para alunos de diversas instituições da região.

Segundo o Prefeito municipal, Gil Carlos Modesto,a obra vai facilitar, principalmente, o investimento em muitas áreas que dependem dos dados da meteorologia.

Com esta estação será possível que se colham dados modernos e eficientes para que forneçam, assim, subsídios para investir em várias áreas, como a fruticultura, energia solar, energia eólica, entre outras. Enfim, estamos muito felizes em conquistar mais esse avanço para o desenvolvimento e bem-estar de nossos amados sanjoanenses” afirmou.

O local, antes situado na avenida Pedro borges, possui cerca de 21 equipamentos que sãocapazes de detectar a temperatura, umidade do ar, direção do vento, precipitação, evaporação, entre outros fatores determinantes. Com esses aparelhos são feitas, por dia, três leituras sinóticaspara obter os resultados e enviarà central doInstituto Nacional de Meteorologia (INMET), na cidade de Recife. 
O Diretor do IFPI campus de São João, Jopson Borges, fala sobre a parceria firmada com a Prefeitura municipal.

“Pela importância que é uma estação meteorológica, de imediato a gente atendeu, pois ela vai permitir a gente realizar nossos estudos, fazer nossas pesquisas. Antes nossos alunos saiam do instituto até o antigo prédio para ver todos os equipamentos, e hoje nós temos um espaço aqui que fisicamente ele suporta e tem condições de pegar todas as informações de clima. Além de atender a todos os requisitos que o Inmet solicitou”, relatou.

A obra, realizada com recurso próprio do município, foi orçada no valor de R$57.461,69.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Viabilidade do Aeroporto de Parnaíba e do Polo Empresarial de Picos

Com a proposta de solicitar um estudo de viabilidade econômica do Aeroporto de Parnaíba e do Polo Empresarial de Picos, o Superintendente do Desenvolvimento Econômico, Landerson Carvalho, reuniu-se na manhã dessa quarta-feira (09), com o Reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Prof. Dr. José Arimatéia Dantas, a fim de buscar junto a instituição, um economista que possa realizar esse estudo.

Segundo o Superintendente, a partir desse estudo, partirá a possibilidade de transformação do aeroporto de Parnaíba em um aeroporto de cargas, que será fundamental para o desenvolvimento do estado e de estados vizinhos também. "A intenção dessa solicitação é transformar o local em um aeroporto de cargas também, tendo em vista termos uma grande produção de frutas e verduras no tabuleiro litorânea e por isso, conseguimos enviar para a Europa em um curto espaço de tempo. Dessa forma, desenvolver o aeroporto é desenvolver ainda mais o Piauí, assim como os estados vizinhos como Ceará e Maranhão, que também serão beneficiados”, disse Landerson.

O outro estudo de viabilidade econômica diz respeito ao Polo Empresarial de Picos, tendo em vista que o processo de aquisição de terras de Parnaíba, onde as empresas, ao se instalarem, colocam um plano de negócios e em parceria com a UFPI, realizam essa análise, sabendo assim, se a empresa tem condições de entregar e de cumprir as condições que ela propôs no plano de negócio. De acordo com Landerson Carvalho, "essa parceria com a UFPI é fundamental, pois os economistas terão uma grande importância na realização disso que estamos propondo", destacou ele.

A previsão é estudo de viabilidade seja iniciado na próxima sexta-feira (11), no Polo Empresarial de Picos. 

O encontro contou com a presença do Gerente de Distritos Industriais da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), Humberto Leal; além da vice-reitora da UFPI, Nadir do Nascimento;  do Diretor do Campus Senador Helvídio Nunes de Barros – Picos, Francisco Gleison; da Pró-Reitoria de Ensino e Graduação, Romina  Sanchez; e os professores do departamento de Ciências Econômicas Francisco Eduardo, Francisco Prancacio e João Victor.

cidades@cidadeverde.com

Moradores do sertão ganham abastecimento de água

O novo sistema de abastecimento de água da comunidade Lagoa dos Marcelinos, no município de Santana do Piauí, foi inaugurado nesta quarta-feira (09), e beneficiará mais de 140 famílias com melhorias no acesso à água de qualidade. O projeto é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, por meio do Instituto de Águas e Esgotos do Piauí (Iaepi), a prefeitura do município, o Sistema Integrado de Saneamento Rural (Sisar) - Picos e o Programa Água+Acesso.

Com ampla participação da população local, a inauguração contou com a presença da prefeita de Santana do Piauí, Maria José Moura; o diretor-geral do Iaepi, Luiz Claudio Macedo; o diretor de Sustentabilidade da Coca-Cola, Rodrigo Brito; a coordenadora programática da Fundación Avina, Fernanda Ferreira; representantes do Programa Água+Acesso; e lideranças políticas locais, com a promoção de um encontro festivo pela Associação de Produtores e Moradores da Lagoa dos Marcelinos para apresentação das atividades de cooperação no desenvolvimento do projeto.

O diretor do Instituto de Águas representou o Governo do Estado no ato e repassou a mensagem do governador Wellington Dias de agradecimento à comunidade e da felicidade em proporcionar melhores condições de vida à população da região, com o acesso à agua de qualidade. “É um elemento de extrema importância para a qualidade de vida dos moradores, possibilitando a redução dos índices de mortalidade infantil e favorecendo o aumento na expectativa de vida, com a contenção de doenças por veiculação hídrica”, destacou Luiz Claudio, acrescentando ainda que, “impactará também em melhorias para o sistema de ensino e de produção, pois teremos menos faltas e licenças médicas, e propiciará a ampliação da renda em virtude das características econômicas da região, centrada na produção agropecuária”.

Picos e Campo Grande do Piauí

No dia anterior, o diretor-geral do Iaepi e os representantes do Programa Água+Acesso visitaram as obras de construção da nova sede do Sisar Picos, e, após recepção da diretoria da ONG, deslocaram-se em direção a Campo Grande do Piauí, onde participaram de uma reunião na localidade Km80, na qual discutiram o grau de satisfação da comunidade com o modelo Sisar, a revisão tarifária, e elementos da cooperação com o Programa Água+Acesso, que viabilizou o desenvolvimento de um sistema fotovoltaico de geração de energia, com uma redução de 55% na conta de energia.  


“Em nome do governador e da vice-governadora, Regina Sousa, transmito também nosso agradecimento aos parceiros: Programa Água+Acesso, Sisar, prefeitura e a população. O saneamento é uma preocupação constante e pauta central desta gestão, assim, buscamos recursos, incansavelmente, para investir em saneamento e avançarmos o máximo possível, melhorando os índices atuais, e, com isso, a qualidade de vida de toda a população do estado”, ressaltou Luiz Claudio.

Fonte: Ccom

II Feirinha de Negócios movimenta economia em Oeiras

  • feira23.jpg Ascom
  • feira6.jpg Ascom
  • feira15.jpg Ascom
  • feira14.jpg Ascom
  • feira2.jpg Ascom
  • feira11.jpg Ascom
  • feira1.jpg Ascom

Microempreendedores, artesãos e empresas de diversos segmentos participaram de 04 a 06 de outubro da II Ferinha de Negócios de Oeiras. Realizada pela Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio – SEMIC, com apoio do Sebrae e da Câmara Dirigentes de Lojistas e Associação de Comércio, Indústria e Agricultura Oeirense (CDL/ASCOM), a feira levou para a Praça de Eventos uma variedade com oficinas de artesanato, exposição de produtos, estantes de gastronomia e apresentações culturais com Emanuele Santos, Sambamigos e Mímicos da Alegria.

O evento marcou o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, gerou oportunidades e movimentou a economia local. “Essa feira é um vitrine para divulgação desses pequenos negócios, envolvendo diversos segmentos como gastronomia, confecção e agricultura familiar. Também contemplamos ótica e perfumaria, tentando dar uma mesclada boa”, comenta Carla Martins, secretária municipal de Indústria e Comércio.

“Nosso diagnóstico é de que a feira foi um sucesso. O balanço financeiro foi positivo. A gente não imaginava que fosse ter a movimentação financeira que teve. Artesanato e agricultura familiar tiveram muitas vendas. Estamos estudando a possibilidade de no próximo ano fazer uma feira no primeiro semestre e outra no segundo semestre”, acrescenta a gestora.

No sábado, 05, durante a II Feirinha de Negócios de Oeiras foi realizado o último sorteio da campanha Liquida Oeiras 2019, que teve como prêmios dois cheques de R$ 200, uma TV de 40 polegadas e uma máquina de lavar. Os ganhadores foram: TV 40’’|Edmar Vieira Pimentel – cliente do Lojão do Ciclista; Máquina de lavar |Paulo César Peres – cliente da Casa do Motoqueiro; Cheques - R$ 200 |Marinalva Pereira dos Santos – cliente do Mercadinho Caçula e Cristina Cecília Moreira – cliente do Mercadinho Frigoleme.  Eles receberam os prêmios na sede da CDL/ASCOM.

Promovida pela Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio (SEMIC), Câmara Dirigentes de Lojistas e Associação de Comércio, Indústria e Agricultura Oeirense (CDL/ASCOM), a campanha contou com a participação de mais de 50 empresas e teve o objetivo de aquecer as vendas e promover a circulação econômica nos setores de comércio e de prestação de serviço da cidade. 

cidades@cidadeverde.com

Patrícia Leal realiza semana de festividades em Altos

No próximo dia 12 de outubro, a cidade de Altos comemora 97 anos de emancipação política. Em homenagem à data, A prefeitura organizou uma semana inteira de atividades e inaugurações.

A programação iniciou  domingo (6), com a quinta edição da Volta do Fortes, a partir das 7h. Durante toda a semana, os Jogos Escolares e torneios de várias modalidades esportivas também compõem a programação.

Na terça-feira (8) os destaques são a premiação da Olimpíada Municipal de Língua Portuguesa, Feira Gastronômica do CEIM os Baixinhos, entrega de filtros pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania e a inauguração do calçamento no bairro Tranqueira.Na quarta-feira (9) acontece a entrega de enxovais, feita pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania.

Na quinta (10) acontece a abertura da II Gincana Cultural, a inauguração Unidade Básica de Saúde do bairro Bacurizeiro e a entrega da lavandeira e de um eletrocardiograma para o Instituto de Saúde José Gil Barbosa.

Já na sexta-feira (11) será realizada a 17ª edição do Programa Saúde e Cidadania no bairro Santa Inês. O programa disponibiliza mais de 20 serviços nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social para a população.

No sábado, dia 12 de outubro, as atividades começam logo cedo a Corrida Rústica e a Corrida Kids. Em seguida haverá o hasteamento das bandeiras na sede da Prefeitura, a missa em ação de graças na Igreja de São José e o corte do bolo na Praça da Igreja Matriz. Também marca o aniversário de Altos a entrega de uma ambulância para o Hospital e um carro para a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, além tradicional festa das crianças no Calçadão da Praça Cônego Honório.

“Altos sempre merece os melhores presentes, por isso, organizamos uma semana inteira de atividades esportivas, culturais, além das inaugurações e serviços de saúde, educação e cidadania. Será uma grande festa e convidamos toda a população altoense a participar de todas as atividades”, comenta a prefeita de Altos, Patrícia Leal.

Oportunidade de geração de renda em União

  • União_renda_3.jpeg Ascom
  • União_renda_4.jpeg Ascom
  • União_renda.jpeg Ascom
  • União_renda_1.jpeg Ascom
  • União_renda_5.jpeg Ascom

Ao total, 15 pessoas que são atendidas pelo programa Bolsa Família no município foram beneficiadas com o curso de Salgados, ofertado pela gestão municipal, por meio das secretarias municipais de Ação Social e Cidadania (SEMASC) e Desenvolvimento, em parceria com o SENAC. A professora Alice Carvalho ministrou as aulas do curso.

O encerramento foi realizado nesta sexta-feira (04), com a entrega de certificados para todos as participantes. O prefeito de União, Dr. Paulo Henrique, marcou presença e parabenizou a todos. “Mais uma turma que sai daqui pronta para exercer essa nova profissão e gerar mais renda para o sustento da família. É mais conhecimento e é mais aprendizado. Parabenizo a toda a equipe da SEMASC pelo esforço de sempre estar proporcionando essas oportunidades, que fazem a diferença na vida das pessoas”, citou o gestor.

O curso oferece uma oportunidade de geração de emprego e renda e o conhecimento específico para uma nova profissão. “É gratificante poder colaborar com estas pessoas, através do curso, que vai dar a elas uma nova oportunidade e mais conhecimento. 

A SEMASC vem buscando parcerias para ofertar mais cursos para a população unionense, especialmente as pessoas mais carentes e mais necessitadas”, citou a secretária, Martina Cavalcante.O secretário de Desenvolvimento, França, também parabenizou as participantes. “É mais uma turma de futuras empreendedoras que sai daqui. Com este curso elas podem garantir um futuro melhor para si e para as suas famílias. Estamos felizes com os resultados e já buscando novas parcerias para novos cursos”, disse.

joaobandeira@cidadeverde.com

População de Parnaguá reclama do fornecimento de água

A população do município de Parnaguá, distante 825 quilômetros de Teresina, continua sofrendo com o serviço do fornecimento de água para a comunidade, que desde o mês de junho não conta com a normalidade da prestação do atendimento regular  o que  torna praticamente inviável aos moradores,  tomar banho normalmente, lavar a louça em uma pia, lavar a roupa ou até cozinhar, como acontece em qualquer residência que paga pela prestação do serviço essencial.

Pela falta de água a comunidade é obrigada a pagar para particulares pela carga  do produto ou então depender de um caminhão pipa gratuito da Prefeitura, que não consegue suprir adequadamente as necessidades de consumo da população. Os fornecedores particulares,  cobram até R$ 60 reais por uma caixa de 1.000 litros com água, o que pesa no orçamento da comunidade mais carente do município, que não para de receber os talões mensalmente da Agespisa.

O Ministério Público enviou  no dia 30 de setembro, ofício à Agespisa e à prefeitura de Parnaguá requisitando informações e providências.

Posts anteriores