Cidadeverde.com

Detento é achado morto dentro da cela de triagem do presídio de Campo Maior

Foto: Ascom Sejus

Um detento foi encontrado morto no início da manhã deste sábado(12) na penitenciária de Campo Maior (a 80 km de Teresina). Ele foi identificado como Luís Ricardo, vulgo Ringo e seria natural de Piripiri. Este é o segundo detento morto dentro de uma unidade prisional nesta semana. 

O agente da Delegacia Regional de Campo Maior, Baker Martins, informou que a polícia foi acionada, encontrou o corpo e acionou a perícia e o Instituto Médico Legal (IML). 

“Os agentes sentiram falta na hora da contagem às 6h e nos acionaram. A perícia que vai dizer se foi morte violenta ou causa natural. Abrimos o inquérito e estamos fazendo os levantamentos”, afirmou o policial civil.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sinpoljuspi), Cleiton Holanda, informações do final da manhã já dão conta de que ele teria sido assassinado, morto por enforcamento, e simulado o suicídio.

“Como é uma estrutura nova, dificilmente conseguem retirar ferros da unidade e tem um controle mais rigoroso para isso. Por isso, para disfarçar o assassinato eles simulam suicídio, mas não foi”, explicou Cleiton Holanda. 

Ele disse que a vítima havia sido transferida a pouco tempo para o presídio e ainda estava na triagem. “Ele estava na Casa de Custódia e mesmo sendo provisório foi transferido para uma penitenciária e não para uma cadeia pública, não era para ter sido mandado para lá”, questiona o presidente do Sinpoljuspi. 

Segundo o agente penitenciário, havia mais oito presos com ele, que serão investigados.

O Sinpoljuspi já contabiliza sete mortes nas unidades prisionais em 2019: quatro na Custódia, uma na Irmão Guido, uma em Parnaíba e esta em Campo Maior.

O Instituto Médico Legal (IML) esteve no local e recolheu o corpo.

A Secretaria da Justiça enviou nota ao Cidadeverde.com afirmando que investiga o caso: 

A Secretaria de Estado da Justiça informa que o detento Luiz Ricardo de Lima foi encontrado morto, na madrugada deste sábado (12), em sua cela na Penitenciária Regional José de Arimateia Barbosa Leite, em Campo Maior. O fato foi constatado após vistoria da equipe de plantão da unidade. O óbito foi comunicado à 5ª Delegacia Regional de Policia Civil e Instituto Médico Legal (IML), que esteve no local para procedimentos legais acerca do caso. A Sejus comunica, ainda, que está investigando o caso.


Caroline Oliveira
redacao@cidadeverde.com