Cidadeverde.com

PF prende mais um suspeito de participar de explosões em Campo Maior

Foto: Roberta Aline

A Polícia Federal divulgou na tarde desta sexta-feira (14) que deu cumprimento nas primeiras horas da manhã, a mandados de prisão preventiva e busca e apreensão em Teresina. A operação é referente a inquérito instaurado para investigar roubo a agências bancárias do município de Campo Maior ocorridos em 30 de abril de 2019.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal. Segundo a PF, foi cumprido um mandado de busca e apreensão no bairro Jacinta Andrade, em Teresina, e um mandado de prisão preventiva. 

Ainda segundo a PF, que não divulgou a identidade do preso, ele integrava a organização criminosa e era responsável pela estrutura logística necessária à prática dos roubos e à fuga dos assaltantes.    

A ação

Os bandidos explodiram, simultaneamente, as agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. A ação criminosa ocorreu por volta de 1 hora da madrugada do dia 30. No Bradesco, que fica a menos de 20 metros de um dos bancos, também teve estragos devido ao impacto da explosão. Cerca de 20 homens participaram dos crimes e se dividiram em três camionetes. A maioria deles tinha como naturalidade o estado de Minas Gerais.

Após as explosões, a Polícia Militar do Piauí entrou em caçada aos bandidos. Vários confrontos aconteceram e nove fugitivos foram mortos.

Segundo a Secretaria de Segurança, estavam foragidos apenas dois integrantes da quadrilha, identificados como Marcelo Pimentel Cunha Nery, vulgo Marcelo Negão, e um outro suspeito identificado apenas como "Mineiro".

Nas buscas, seis pessoas foram presas. Foram apreendidos 4 veículos, seis coletes balísticos, 3 fuzis e 5 pistolas, além de 411 munições. Foram recuperados cerca de R$ 94 mil, dos R$ 220 mil levados.

Veja a nota da PF na íntegra:

Teresina/PI: Na manhã de hoje (14/06), a Polícia Federal deu cumprimento a mandados de prisão preventiva e busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal, referentes a inquérito instaurado para investigar roubo a agências bancárias do município de Campo Maior/PI ocorridos em 30 de abril de 2019.

Foi cumprido um mandado de busca e apreensão no bairro Jacinta Andrade, em Teresina e um mandado de prisão preventiva. O preso integrava a organização criminosa e era responsável pela estrutura logística necessária à prática dos roubos e à fuga dos assaltantes. 

Hérlon Moraes
[email protected]