Cidadeverde.com

Governador institui Ordem Estadual Centenário Alberto Tavares e Silva

Em comemoração ao centenário de nascimento do ex-governador do Piauí e ex-senador, Alberto Silva, o governador do Estado, Wellington Dias, instituiu, por meio de decreto, a Medalha da Ordem Estadual Centenário Alberto Tavares e Silva.

A outorga da comenda será realizada no dia 8 de novembro, às 18 horas, em cerimônia no Auditório Serra da Capivara, na sede do Tribunal Regional do Trabalho – 22ª Região, localizado na Avenida João XXIII. 

A honraria será concedida a 50 personalidades piauiense contemporâneas ao ex-governador, pessoas que trabalharam e fizeram parta da vida de Alberto Silva. 

Em Parnaíba, o Sesc Piauí, ao lado da Fundação Alberto Tavares e Silva, realiza, no dia 10 de novembro, na Catedral Nossa Senhora da Graça, uma missa em celebração ao centenário do ex-chefe do executivo piauiense. Da mesma forma, no dia 24 de novembro, a Fundação lança, no espaço Castelo de Eventos, a exposição A Memória Afetiva do Ilustre Filho da Parnaíba, que segue aberta ao público até o dia 19 de dezembro.

Celebrações em homenagem ao ex-governador estão previstas também na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), prefeituras de Teresina e Parnaíba, além da Academia Piauiense de Letras.

De nome de estádio ao homem do biodiesel 

Engenheiro por formação, Alberto Tavares e Silva foi governador do Estado por duas ocasiões; entre os anos de 1971 e 1975, e de 1987 à 1991. Foi senador da República pelo Piauí entre os anos de 1979 e 1987, e 1999 e 2007. Além disso, ocupou o cargo de deputado federal nos quadriênios 1995-1999 e 2007-2009.

Como governador do Estado, ele foi responsável por viabilizar a construção de importantes estradas, que ligaram o estado de norte a sul, o metrô de Teresina, além de inaugurar o estádio Albertão, maior praça esportiva do estado e que leva o seu nome. 

Ocupando o cargo de senador da república, Silva foi o responsável por lançar, ainda em 2001, o projeto da primeira usina a produzir biodiesel através da mamona no mundo, na Universidade Federal do Piauí.

Alberto Tavares e Silva, nasceu no município de Parnaíba, em 10 de novembro de 1918 e faleceu no ano de 2009, em Brasília.

Lista de homenageados:

1.Academia Piauiense de Letras
2.Alcenor Barbosa de Almeida 
3.Amadeu Campos de Carvalho Filho
4.Antônio de Pádua Franco Ramos 
5.Antônio Fonseca dos Santos Neto
6.Antônio Luíz Cronemberger Sobral 
7.Armando Madeira Basto – “Post Mortem”
8.Bertolino Marinho Madeira Campos
9.Cid de Castro Dias
10.Ciro Nogueira Lima – “Post Mortem”
11.Cláudia Cristina da Silva Fontineles 
12.Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí – CREA-PI 
13.Constantino Pereira de Sousa
14.Darcy Fontenelle de Araújo – “Post Mortem”
15.Elvira Mendes Raulino de Oliveira
16.Firmino da Silveira Soares Filho
17.Florisa de Mello Tavares Silva
18.Francisco Tomaz Teixeira
19.Francílio Ribeiro de Almeida – “Post Mortem” 
20.Heitor Castelo Branco Filho
21.Iran Mendes do Nascimento
22.Jesus Elias Tajra
23.João Cláudio da Silva Moreno
24.João Paulo dos Reis Velloso 
25.João Tavares Silva Filho – “Post Mortem” 
26.João Vicente de Macêdo Claudino
27.Joel da Silva Ribeiro 
28.José Antenor Castro Neiva – “Post Mortem” 
29.José Elias Tajra
30.Kenard Kruel Fagundes dos Santos
31.Lourival Sales Parente
32.Lucídio Portela Nunes – “Post Mortem”
33.Luiz Ayrton Santos
34.Manoel Lopes Veloso – “Post Mortem”
35.Marcelo Costa e Castro
36.Marco Antônio Ayres Corrêa Lima
37.Murilo Ferreira de Rezende 
38.Norbelino Lira de Carvalho
39.RaimundoWall Ferraz – “Post Mortem”
40.Romildo Macêdo Mafra 
41.Severo Maria Eulálio – “Post Mortem”
42.Zózimo Tavares Mendes

Da Redação
redacao@cidadeverde.com