Cidadeverde.com
Diversidade

Viver com arte é preciso: 2ª Edição do Articulações Estéticas

A força de encantamento e reinvenção da vida através do fazer artístico foi genialmente anunciada por Ferreira Gullar: “ A arte existe porque a vida não basta”. O músico e poeta Caetano Veloso também poetizou sobre o assunto quando enunciava nos versos da canção Lingua: “livros, discos, vídeos à mancheia/E deixa que digam, que pensem, que falem”. É pautado  nesse reencantamento do viver que ocorrerá   em Teresina a 2ª edição do evento sociopoético: Articulações Estéticas: Processo de Criação na Arte Contemporânea. A ação ocorrerá  no período de 04 a 06/11 no Campus Torquato Neto da UESPI.

 

Para azeitar as reflexões sobre o saber/sabor  das vivências estéticas, a educadora Shara Jane Holanda Costa Adad (UFPI) promoverá excitações do sentir e pensar com a conferência de abertura: “Micropolíticas da invenção: experimentar é criar”. A atividade acontece dia 04/11 às 18h.

 

O deleite dos convivas continuará com coquetel de lançamentos de livros e revistas às 20h. É mergulhar e deixar-se navegar pela dança das palavras das obras  de escritores(as) como  Bernardo Aurélio (Por dentro da máscara de ferro); Demétrios Galvão (Bifurcações); Thiago E (Cabeça de Sol em cima de trem); Mara Vanessa Torres de Menezes (Os sonhos de Jurema e outras historietas sem tempo); Shara Jane Holanda (Tudo que não inventamos é falso: dispositivos artísticos para pesquisar, ensinar e aprender com a sociopoética).

 

O bate-papo sobre as irradiações artísticas que banham  Teresina está na agenda do evento com a temática “A arte na  rua: o projeto Salve Rainha e a intervenção estética na cidade”. A ação ocorrerá dia 05/11 de 9 às 11h no auditório Geratec (UESPI) e terá a participação de Sam Jales, Chagas Jr., Flávia Soares e Kárystom Soares.

 

A Oficina de Pensamento será um dos momentos instigantes para promover ebulições reflexivas entre os participantes. A atividade será dia 05/11 de 14 às 16h com Isabelle Frota (Galpão do Dirceu).

 

Veja abaixo sobre inscrições e o vasto  cardápio artístico-cultural do II Articulações Estéticas:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Herbert Medeiros