Cidadeverde.com
Diversidade

Estudantes do Liceu participam de palestra sobre Juventude e Diversidade - 14ª Semana do Orgulho de Ser

“Não adianta olhar pro céu/com muita fé e pouca luta/levanta ai que você tem muito protesto pra fazer”. Os versos da canção de Gabriel, o Pensador, deram o tom da reflexão da palestra “Juventude e Diversidades”, nesta quinta-feira(23/08) no Auditório da escola Liceu Piauiense . A atividade  foi uma parceria entre grupo Matizes e docentes de Sociologia e Filosofia (Gleise e Leonidas). A direção da escola também apoiou o evento. A ação faz parte da programação da 14ª Semana do Orgulho de Ser.

  O palestrante Herbert Medeiros, educador e ativista matiziano, expôs assuntos com foco nos eixos: Juventude/Diversidade  e Protagonismo Juvenil;  Estatuto da Juventude e Políticas Públicas; Cultura Digital e Liberdade de Expressão; Jovens e enfrentamento da violência lgbtfóbica, da violência contra mulher, do racismo e de outras discriminações.

O debatedor destacou como a mobilização e organização juvenil em suas múltiplas formas de expressão são o motor da História das mudanças e transformações socioculturais em favor de uma sociedade pluralista e construtora de equidade. Citou os versos de Charlie Brow Jr “Revolução na sua vida você pode você faz/Quem sabe mesmo é quem sabe mais” para ressaltar o papel do protagonismo jovem nas lutas coletivas e individuais.

O ativista do Matizes ainda lembrou que a ação política  de jovens negros/as, lgbts, mulheres, deficientes e pobres é  fundamental para dar concretude às política públicas que assegurem viver com segurança,  emprego,  moradia,  transporte público eficiente a acesso aos bens culturais e artísticos.

Em relação à Cultura Digital  e diversidade juvenil,  Medeiros refletiu sobre o uso das mídias sociais como ferramenta de atuação ética e responsável para promover de fato o respeito, o diálogo e o combate ao cyberbulling. Ilustrou situações em que o discurso digital produzido por Haters( propagação do ódio pelas infovias) deseduca, inferioriza jovens marginalizados e  reproduz desigualdades, misoginia, violências raciais e ataque à lgbts.

Ao final, o palestrante convidou a tod@s para participar  da 17ª Parada da Diversidade com as atrações de Pablo Vittar, Chandelly Kidman, Benício Bem, Bia e os Becks, Getúlio Abelha, Vallery Bloom, Dj Eliot.