Cidadeverde.com

Idepi: reforma na barragem do Bezerro está programada para janeiro

Foto: Wilson Filho/Cidadeverde.com

O governo do Estado prevê para janeiro o início da restauração completa e definitiva da Barragem do Bezerro, em José de Freitas, que em abril deste ano, sofreu uma ameaça de rompimento, devido ao aumento do volume de água das chuvas que caíram no Piauí. Na época, o local recebeu reparos e atualmente se encontra estável, sem qualquer risco. O Ministério Público pediu o bloqueio de R$ 16 milhões do Governo para reparos na barragem.

Além dela, outras barragens devem receber uma intervenção do poder público: barragem do Emparedado, em Campo Maior; barragem Petrônio Portela, em São Raimundo Nonato e a barragem Pedra Redonda, em Conceição do Canindé.

Segundo o diretor do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Geraldo Magela, desde o episódio, a barragem do Bezerro recebe constante avaliação. 

“Realizamos as ações emergenciais e hoje o local não oferece riscos. Logo em seguida, elaboramos um projeto que foi assinado pelo governador Wellington Dias. Ele foi enviado em junho ao Ministério da Integração Nacional. Estamos ainda no aguardo da liberação de recursos para recuperação total da barragem”, explicou. 

Magela esclarece ainda que mesmo não havendo essa autorização até final do ano, as obras devem ser iniciadas com utilização de recursos próprios do Estado. 

“Nosso governador está ciente da situação e garantiu que as obras devem ser executadas com recursos próprios, caso não haja um retorno hábil do Ministério da Integração”. 


Da redação 
redacao@cidadeverde.com