Cidadeverde.com

Turistas ignoram orientação do governo e tomam banho na praia de Atalaia

Alguns turistas que já estão em Luís Correia para o feriadão da Proclamação da República ignoraram a orientação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e estão tomando banho na praia de Atalaia. Nesta quinta-feira (14), no final da tarde, novas manchas de óleo apareceram na praia, forçando o governo a comunicar que o mar estava impróprio para banho e, assim, evitar que pessoas tivessem contato com o óleo.

Um vídeo feito pela Secretaria de Turismo de Luis Coreia mostra a concentração de turistas na praia desde as primeiras horas da manhã. Nas imagens, duas crianças tomam banho acompanhadas de um adulto. (Veja acima).

Ao Cidadeverde.com, o secretário de Turismo, Jean Clauscius, disse que a praia de Atalaia não está imprópria para banho, como foi divulgado pelo governo. Segundo ele, as manchas que apareceram são muito pequenas e já foram retiradas.

"Em relação as manchas até agora eu lhe garanto que são pequenas, são pingos. Em 2km não tem nada que comprove o que foi colocado na mídia. Tem banhistas. Isso significa que a praia não está imprópria para banho. Não existem essas manchas de óleo como foi colocado na mídia pelos órgãos públicos do estado", contesta o gestor.

"A Marinha está aqui. Tem banhistas do lado deles, inclusive crianças. Significa que a orla de Atalaia não está imprópria para o banho", acrescentou.

Fotos: Secretaria de Turismo de Luis Correia

O secretário disse que a limpeza que está sendo feita na praia é para a retirada de algas da areia. Até o momento, as placas de proibição não foram colocadas pelo município. “Não existem essas manchas como tem nos outros estados”, ressaltou.

A Capitania dos Portos do Piauí disse que a medida adotada pela Semar é preventiva para evitar que pessoas tenham o contato com o óleo.

"É uma medida preventiva visando não trazer danos à saúde de banhistas. O contato pode trazer alergia. Eu concordo e ratifico com a resolução do Conama. É melhor prevenir do que remediar", disse o comandante da Capitania dos Portos do Piauí, capitão Benjamin Dante Lima.

Segundo ele, o trabalho de limpeza começou ainda ontem e envolve já o reforço de fuzileiros navais que chegaram ao litoral durante a semana.

"A gente incrementou a fiscalização na nossa área desde o dia 2 de setembro. Por terra utilizando nossos militares, agora com os fuzileiros navais que estão aqui conosco e ontem quando a gente foi na praia de Atalaia se deparou com a presença das manchas de óleo. Dessa vez as manchas vieram com uma característica um pouco diferente: ao invés daquelas placas maciças que nós tínhamos na areia, a gente observou a presença de óleo pulverizado do tamanho de pequenas moedas. Isso em toda a orla da praia de Atalaia. De pronto a gente já iniciou a limpeza com o apoio da Semar e prefeitura de Luis Correia e com os fuzileiros", afirmou.

O comandante afirmou ainda que uma grande quantidade do óleo já foi retirada e que a limpeza não para. "Já conseguimos recolher uma grande quantidade desse óleo. E vamos continuar para tentar trazer a praia para ficar própria novamente o mais rapidamente possível", declarou.

A secretária do Meio Ambiente, Sádia Castro, disse que a liberação da praia vai depender dos monitoramentos. " Não  podemos prever por quanto tempo vai durar a interdiçã. Vai depender do resultado dos monitoramentos", afirmou.

 

Foto: Marinha

Hérlon Moraes
[email protected]